Vasco 1 x 0 Portuguesa – O futuro da Lusa é preocupante!

Mesmo não jogando bem, o Gigante da Colina conseguiu a vitória

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 25 (AFI) – A torcida que compareceu no Estádio São Januário na noite deste sábado já esperava uma partida feia e por isso não voltou para casa decepcionada com o futebol apresentado pelos dois times. Pelo contrário. Comemorou a vitória do Vasco sobre a Portuguesa, por 1 a 0, na estreia no Campeonato Brasileiro.

Mesmo não apresentando um bom futebol, tanto que foram criados poucos lances de perigo, o Gigante da Colina foi muito superior a Portuguesa, que desponta como uma das favoritas ao rebaixamento para a Série B. Com três pontos, o Vasco vai terminar a noite deste sábado entre os melhores, enquanto a Lusa está na parte debaixo da tabela.

Poucas chances...
Apesar da limitação técnica, o Vasco da Gama começou a partida com mais posse de bola que a Portuguesa, mas mesmo assim não conseguia oferecer perigo para Gledson. Aos 18, Tenorio ganhou na velocidade de Rogério e cruzou para Éder Luis. O zagueiro Lima se antecipou e afastou o perigo antes que o atacante completasse. A Lusa não conseguia passar do meio-campo e os donos da casa abusavam das jogadas com Éder Luis.

Aos 26, Tenorio recebeu lançamento e ajeitou de cabeça para Éder Luis, que invadiu a área e bateu rasteiro. A bola passou raspando a trave de Gledson e foi pela linha de fundo. A partida se concentrava apenas de um lado do campo, mas o Gigante da Colina sentia falta de um camisa 10 e pouco criava. O time alvinegro chegou a reclamar de um pênalti em Alisson, mas o árbitro nada marcou.

O Vasco chegava com perigo apenas em lances de bola parada e por muito pouco não abriu o placar aos 42. Após cobrança de escanteio de Fellipe Bastos, a bola sobrou para Alisson, que bateu colocado na rede pelo lado de fora.

Gol relâmpago
Diferente do primeiro tempo, quando começou com mais posse de bola e sem criar grandes lances, o Vasco voltou determinado a abrir o placar na etapa final e precisou de apenas dois minutos. Lima não conseguiu afastar, Gledson saiu mal e a bola sobrou nos pés de Tenorio, que mostrou categoria e bateu por cima do goleiro rubroverde. Atrás do marcador, a Portuguesa ameaçou uma pressão, principalmente nas bolas aéreas.

Aos 19, Éder Luis recebeu de longe e soltou a bomba ao lado do gol de Gledson, que ficou assustado. A Lusa criaria a melhor oportunidade na sequência. Depois de grande jogada individual de Matheus, a bola sobrou limpa para Souza na segunda trave. O meia chegou batendo de primeira e mandou por cima do gol. Após cometer falta dura no meio-campo, Diogo recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Nos minutos finais, a Portuguesa se lançou com tudo ao ataque e passou a dar espaços para o Vasco matar o jogo nos contra-ataques, mas os cariocas erravam muitos passes.

Próximos jogos
O Vasco da Gama volta a campo na próxima quarta-feira, contra o São Paulo, às 22 horas, no Morumbi, pela segunda rodada do Brasileirão. Como o duelo contra o Fluminense mudou para o dia 12 de junho, a próxima partida da Portuguesa será contra o Náutico, no dia 2 de junho, nos Aflitos, pela terceira rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
1ª rodada
Data
25/05/2013
Horário
18h30
Local
Estádio de São Januário, no - Rio de Janeiro (RJ) (RJ)
Árbitro
Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Renda
R$ 209.485,00
Assistentes
Cristhian Passos Sorence (GO) e João Patricio de Araújo (GO)

Público
8.229 pagantes
Vasco da Gama-RJ
Michel Alves;
Elsinho, Luan, Renato Silva e Yotún;
Sandro Silva, Fellipe Bastos (Abuda), Alisson e Dakson (Edmilson);
Eder Luis e Tenório.
Técnico: Paulo Autuori
Portuguesa-SP
Gledson;
Luis Ricardo, Lima, Valdomiro e Rogério;
Ferdinando, Matheus, Correa (Moisés) e Souza (Flecha Arraya);
Diogo e Romão (Henrique).
Técnico: Edson Pimenta