Fluminense 2 x 1 Náutico - Tricolor sofre um pouco, mas lidera com tranquilidade!

Tricolor sofre mais uma vez, mas vence e dispara na ponta

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 22 (AFI) - O Fluminense poderia ter deixado tudo mais fácil, mas na noite deste sábado, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, venceu o Náutico, por 2 a 1, pela abertura da 26ª rodada do Brasileirão. Os gols Tricolores foram marcados no primeiro tempo, com Leandro Euzébio e Fred. No segundo tempo, Kim descontou e no final, o Timbu teve boas chances de empatar.

O resultado deixou o Tricolor na liderança da competição, com 56 pontos, cinco a mais que o Atlético-MG, que está em segundo. Por outro lado, o Timbu fica em 12º, com 31 pontos e começa a se preocupar com a zona de rebaixamento. Mas, ainda está sete pontos longe.

Começou com tudo!
Apesar de um início de jogo hesitante, em que foi pressionado pelo adversário, o Fluminense consolidou a vantagem ainda no primeiro tempo. Contou, para isso, com a categoria de Deco e a presença sempre marcante de Fred, artilheiro isolado da competição, com 12 gols.

Fred deixou sua marca novamente, após passe preciso de Thiago Neves, aos 45 minutos. Pouco antes, o goleiro do Náutico, Gideão, falhou em cobrança de escanteio de Deco e a bola sobrou para Leandro Euzébio fazer 1 a 0.

O zagueiro já participara de outro lance de destaque na partida. Numa dividida na lateral do campo, ele levou um tombo, escorregou e se chocou com o técnico Abel Braga, que caiu no gramado e foi aplaudido pela torcida. No momento do incidente, o jogo ainda estava empatado e o time pernambucano era melhor.

Quase no fim...
Depois do intervalo, o Fluminense melhorou e poderia ter ampliado. O Náutico, então, esboçou uma reação, mais na base da correria. Tentava surpreender nos contra-ataques e passou a se lançar à frente com empenho. Aos 36 minutos, Kim aproveitou-se de descuido da zaga e diminuiu a diferença.

O Fluminense então perdeu o controle da partida por alguns minutos e viu o goleiro Diego Cavalieri evitar o pior com uma defesa incrível, em outra conclusão de Kim. No rebote, os jogadores do Náutico reclamaram de pênalti de Gum.

O susto calou a torcida, temerosa de que um novo tropeço pudesse ocorrer: na semana passada, o Fluminense foi derrotado em Volta Redonda pelo o lanterna da competição, o Atlético-GO. Mas foi só um susto, e o time da casa conseguiu confirmar a vitória.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
26ª rodada
Data
22/09/2012
Horário
18h30
Local
Raulino de Oliveira, em - Volta Redonda (RJ)
Árbitro
Pablo dos Santos Alves

Renda
R$ 111.765,00
Assistentes
Kleber Lucio Gil e Fábio Pereira

Público
6.132 pagantes
Fluminense-RJ
Diego Cavalieri;
Bruno, Gum, Leandro Euzébio (Digão) e Carleto;
Jean, Valencia, Deco (Wagner) e Thiago Neves (Marcos Junior);
Fred e Wellington Nem
Técnico: Abel Braga
Náutico-PE
Gideão;
Patric, Alemão, Jean e Douglas Santos (João Paulo);
Elicarlos, Souza, Martinez e Rhayner;
Rogério (Romero) e Kim
Técnico: Alexandre Gallo