Flamengo 0 x 1 Fluminense - Sorte de campeão e azar de desesperado

O Mengo foi melhor e ainda desperdiçou um pênalti no fim, mas Fred desequilibrou

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 29 (AFI) – O Fla-Flu realizado na tarde deste domingo, no Engenhão, pela 27ª rodada, mostra muito bem o que vem acontecendo com os dois times no Campeonato Brasileiro. Melhor em campo durante os 90 minutos, o time rubronegro desperdiçou muitas oportunidades, entre elas um pênalti. Já o Tricolor contou com um golaço de voleio de Fred para vencer o Mengo, por 1 a 0 e se isolar ainda mais na liderança.

Após duas vitórias seguidas, o Flamengo voltou a perder na competição e estacionou nos 34 pontos, continuando na zona intermediária. Um novo resultado positivo afastaria ainda mais o time da zona de rebaixamento. Por outro lado, o Flu chegou aos 59 pontos e abriu seis de vantagem para o Atlético-MG, caminhando a passos largos rumo ao título.

Golaço do artilheiro
Os dois times começaram a partida se estudando e errado muitos passes, mas a primeira chance foi do Flamengo logo aos sete minutos. Cleber Santana ajeitou para Ramon que chegou batendo de primeira. A bola passou perto do gol defendido por Diego Cavalieri, que apenas acompanhou. Ligeiramente melhor, o Mengo assustou novamente três minutos depois. Cleber Santana cruzou e Edinho se esticou todo para cortar a bola, que raspou a trave e saiu pela linha de fundo.

A primeira finalização do Flu veio aos 16 minutos. Thiago Neves escapou em velocidade e arriscou da entrada da área, mandando por cima. No minuto seguinte, o Tricolor das Laranjeiras abriria placar em um lindo gol de Fred. O atacante aproveitou cruzamento e mandou de voleio, no canto direito do goleiro Felipe, que não conseguiu fazer a defesa. Esse foi o 13º gol de Fred, que se isolou na artilharia, e o centésimo da história do Fla-Flu em Brasileiros.

A resposta do Mengo veio aos 22. Ibson recebeu na frente de Diego Cavalieri, que saiu fechando muito bem o ângulo e fez a defesa. Depois, Cleber Santana bateu sem perigo para o goleiro. O Fluminense quase amplia em mais um bonito lance. Wellington Nem recebeu dentro da área e tentou de bicicleta, mas a bola passou por cima. A partida caiu bastante de produção e ficou truncada no meio-campo, sem emoção até o fim do primeiro tempo.

Bolas na trave e pressão rubronegra
O Fluminense quase ampliou logo aos dois minutos do segundo tempo. Thiago Neves cobrou falta com perfeição e a bola explodiu na trave de Felipe, que apenas observou. Depois foi a vez do Flamengo assustar. Cleber Santana deixou um marcador para trás e bateu em cima do zagueiro. No rebote, Ibson tentou o passe para González, mas a zaga tricolor aliviou. A torcida rubronegra se animou com a chegada do time.

Depois de um início bastante movimentado, a etapa final caiu um pouco de produção e o Fluminense voltaria a assustar aos 23 em nova cobrança de falta de Thiago Neves. Thiago Neves surpreendeu Felipe ao cobrar direto e a bola explodiu no travessão de Felipe. Logo depois, Vagner Love dividiu com Gum dentro da área e caiu pedindo pênalti, mas o árbitro mandou o lance seguir. Como todo clássico, a partida teve seu momento de confusão.

O time do Flamengo não fez fair-play ao devolver uma bola e Deco bateu boca com alguns adversários. Rapidamente a situação foi controlada. O Flamengo desperdiçou uma grande oportunidade aos 32 minutos. Ramon cruzou da esquerda e a bola sobrou limpa para Cleber Santana, que na frente de Cavalieri e dentro da pequena área conseguiu mandar por cima. Logo depois, Nixo aproveitou novo cruzamento de Ramon e cabeceu para defesa espetacular do goleiro tricolor.

O Flamengo pressionou nos minutos finais e teve sua melhor oportunidade aos 40, quando Diguinho derrubou Wellington Silva dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Botinelli bateu mal no canto esquerdo e Diego Cavalieri fez a defesa. Logo depois, Ramon cruzou e Vagner Love completou para o gol. No entanto, o árbitro assinalou impedimento. Aos 43, Love recebeu dentro da área e não conseguiu fazer o domínio. Após o apito final, todos jogadores do Flu foram abraçar Diego Cavalieri.

Próximos jogos
O Flamengo volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Bahia, às 21 horas, novamente no Engenhão, pela 28ª rodada do Brasileirão. No sábado, o Fluminense faz mais um clássico, diante do Botafogo, às 18h30, também no Engenhão.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
27ª rodada
Data
30/09/2012
Horário
16h00
Local
Estádio do Engenhão - , no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro
Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ)

Renda
Não disponível.
Assistentes
Rodrigo Pereira Joia (Fifa/RJ) e Ediney Guerreiro Marcarenhas (RJ)

Público
25.313 pagantes (30.844 total)
Flamengo-RJ
Felipe;
Wellington Silva, Frauches, González e Ramon;
Amaral (Renato Abreu), Léo Moura (Botinelli), Ibson e Cleber Santana;
Liedson (Nixon) e Vagner Love.
Técnico: Dorival Júnior.
Fluminense-RJ
Diego Cavalieri;
Bruno, Gum, Digão e Carlinhos;
Edinho, Jean e Deco;
Thiago Neves, Fred (Diguinho) e Wellington Nem (Marcos Júnior).
Técnico: Abel Braga.