Cruzeiro 0 x 0 Inter - Não foi bom para ninguém!

Os dois times se complicaram na busca pela vaga no G4

por Agência Estado

Varginha, MG, 29 (AFI) - Cruzeiro e Internacional saíram decepcionados neste sábado à noite do estádio Melão, em Varginha, com um empate sem gols. O resultado da 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro não agradou a nenhuma das duas equipes. Sem vencer a cinco partidas, o time mineiro contava com uma vitória em casa para levantar o moral da equipe e tentar se aproximar do G4. E o Inter almejava os três pontos como visitante para se aproximar dos líderes da competição e sonhar com uma vaga na Libertadores.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou a 36 pontos, mas permaneceu na oitava posição da tabela. A equipe, no próximo sábado, encara o Grêmio no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. Já o Inter termina a rodada com 41 pontos e assumiu a sexta colocação na tabela, mas o Botafogo, que tem um ponto a menos, joga domingo e tem possibilidade de retomar a posição. No sábado, o Inter enfrenta o Santos na Vila Belmiro.

As duas equipes entraram em campo no Melão mostrando vontade de levar os três pontos. Nos primeiros minutos, jogadores celestes e colorados pareciam dispostos a fazer um jogo dinâmico, mas, ao longo da primeira etapa, o que as equipes protagonizaram foi um confronto de baixa qualidade técnica e sem capacidade de causar muita empolgação nas torcidas. Pelo contrário, o que mais funcionou durante todo o primeiro tempo foi a marcação cerrada de ambos os lados. Nos raros lances em que foram acionados, Fábio e Muriel se destacaram pelas boas defesas.

O único momento mais empolgante ocorreu aos 10 minutos, quando Ceará lançou para Borges na pequena área, mas o atacante celeste foi empurrado por Nei, o que rendeu um pênalti a favor dos anfitriões e um cartão amarelo para o defensor colorado. O mesmo Borges cobrou e marcou, mas o árbitro Paulo César Oliveira acusou invasão de jogadores das duas equipes e mandou repetir o lance. Borges bateu de novo e, dessa vez, mandou a bola por cima do travessão.

Empurrado pela torcida, o time celeste voltou tentando se impor. Pressionados, os visitantes se fecharam ainda mais. E, apesar de ter mais espaço para trabalhar, os jogadores do Cruzeiro não conseguiram superar a marcação e passaram a investir em jogadas aéreas, mas sem nenhum resultado prático.

Com o avanço dos anfitriões, o Inter também encontrou caminhos para chegar ao ataque, mas a maior parte das finalizações não ofereceu risco e Fábio salvou o time nos lances de maior perigo.

Quanto mais o jogo avançava, mais o Cruzeiro pressionava e os visitantes passaram a ver com bons olhos um empate sem gols. Ainda mais quando o técnico celeste, Celso Roth, trocou Anselmo Ramon - que pouco apareceu no jogo - por Martinuccio, permitindo que Montillo avançasse mais. O Cruzeiro passou a pressionar muito, mas o Inter conseguiu segurar o resultado até o apito final.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
27ª rodada
Data
29/09/2012
Horário
18h30
Local
Estádio do Melão, em - Belo Horizonte (MG)
Árbitro
Paulo César Oliveira

Renda
R$ 182.515,00
Assistentes
Marcelo Carvalho Van Gasse e Rogério Pablos Zanardo

Público
7.395 pagantes
Cruzeiro-MG
Fábio;
Ceará (Diego Renan), Léo, Thiago Carvalho e Everton;
Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira, Diego Arias (Souza), e Montillo;
Anselmo Ramon (Martinuccio) e Borges
Técnico: Celso Roth
Internacional-RS
Muriel;
Nei, Rodrigo Moledo, Índio (Jackson) e Fabrício;
Ygor, Guiñazu, Elton (Lucas Lima) e Fred;
Diego Forlán (Cassiano) e Leandro Damião
Técnico: Fernandão