Três clubes do Brasileirão não contam com a mística da camisa 9

Times perderam seus goleadores e deixaram a camisa 9 de lado no Brasileirão

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 01 (AFI) – A camisa 9, historicamente, sempre remeteu a atacantes, goleadores, artilheiros e bolas na rede. Mas de um tempo para cá, nem todos os clubes mantiveram a mística desta numeração em seus uniformes. Na Edição 2010 do Campeonato Brasileiro, Palmeiras, São Paulo e Vasco da Gama aposentaram a camisa 9.

O alviverde paulista deixou a camisa 9 de lado desde a conturbada saída de Vágner Love para o Flamengo. Na época, os dirigentes disseram que a camisa 9 seria dada para um grande atacante que seria contratado. Kléber chegou, mas não recebeu e a camisa 9 ficou esquecida.

A situação do São Paulo é mais recente. Como o Tricolor paulista tem numeração fixa, a camisa 9 ficou órfã após Washington acertar com o Fluminense. Ricardo Oliveira ficou com a camisa de número 99 e o Fernandão com a 15.

Veja mais...
O desempenho de TODOS os camisas 9 do Brasileirão!

Já o Vasco ficou sem Élton, negociado com o exterior, e, de quebra, sem seu camisa 9. Enquanto esteve no clube carioca, Élton anotou dois tentos.