Palmeiras 1 x 1 Corinthians - Empate que ficou ruim para os dois

Palmeiras 1 x 1 Corinthians - Empate que ficou ruim para os dois

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 01 (AFI) – Corinthians e Palmeiras empataram em 1 a 1, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, na tarde deste domingo, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro e não conseguem evoluir na tabela da competição.

O time mais prejudicado foi o Corinthians, que perdeu a liderança do Brasileirão para o Fluminense. O Timão ficou com 25 pontos, um a menos que os cariocas. Já o Palmeiras faz campanha apenas mediana, com 15 pontos, na 11ª posição.

O jogo
Ainda sem vencer em sua volta ao Palmeiras, Luiz Felipe Scolari viu o Corinthians começar a partida com uma marcação adiantada e pressionando o Verdão no campo de defesa. A retaguarda do alviverde não conseguia sair jogando e era obrigada a cometer faltas para parar o ataque corintiano. Em um delas Bruno Cesar colocou a bola no canto esquerdo, mas o goleiro Deola conseguiu desviar para linha de fundo.

O Verdão tentava sair do campo de defesa com Lincoln e Kleber, mas a defesa do Corinthians conseguia anular bem as principais armas de ataque do adversário. Só que com a preocupação na marcação, o Timão diminuiu o ritmo de jogo.

Com isto, por 15 minutos, o jogo ficou equilibrado, mas a equipe que mais atacava era o Palmeiras, mas o atacante Kleber lutava sozinho contra a defesa do Corinthians. Porém, a pequena superioridade, o Verdão caiu na armadilha do Corinthians, que era explorar os contra-ataques.

Armadilha alvinegra
Aos 21 minutos, Iarley disparou na intermediária, rolou para Bruno Cesar do lado direito, que cruzou rasteiro. O atacante Jorge Henrique entrou em velocidade, antecipou a marcação e, de letra, tocou para o fundo do gol.

O gol corintiano acordou o time palmeirense, que passou a pressionar o adversário tentando o gol de empate ainda no primeiro tempo. Só que o time alviverde não conseguia criar lance de perigo, apostando nas bolas paradas para tentar chegar ao gol de empate. Foi assim que o Verdão conseguiu o empate.

Aos 33 minutos, Lincoln cobrou falta, a bola bateu na barreira, mas sobrou para Danilo, que cruzou para a área. Kleber subiu mais que Chicão e cabeceou para o gol, Julio Cesar conseguiu fazer uma grande defesa, mas espalmou para Edinho, que dentro da pequena área, encheu o pé para igualar o marcador. No final da primeira etapa, o Palmeiras tentou pressionar atrás do segundo gol, mas sem levar muito perigo

Segundo tempo
O começo da segunda etapa foi como o final da primeira, o Palmeiras tomava a iniciativa do jogo, mas não conseguia criar oportunidade clara de gol e quando conseguia pecava na finalização. Lincoln conseguiu se livrar da marcação e tocou para Kleber, que invadiu a área, mas não conseguiu chutar em direção ao gol.

O Corinthians seguia com a mesma estratégia do primeiro tempo. Marcar forte e apostar na velocidade de Iarley, Bruno Cesar e Jorge Henrique para tentar alguma coisa contra a defesa palmeirense.

Da metade para o final do segundo tempo, os dois times caíram muito de produção e criaram poucas chances de gol e tentavam no erro do adversário ou em jogadas de bola parada marcar. Mas mesmo assim, não conseguiram, morrendo abraçados na partida.

Próximos jogos
Os dois times voltam a campo no mesmo dia e horário, próximo domingo, às 16 horas. Enquanto o Corinthians enfrenta o Flamengo, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. O Palmeiras enfrenta o Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Ficha Técnica

Palmeiras 1 x 1 Corinthians

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo-SP
Árbitro: Paulo Cesar Oliveira-SP(Fifa)
Assistentes: Ednilson Corona-SP(Fifa) e Marcelo Carvalho Van Gasse-SP
Público: 24.491 pagantes
Renda: R$ 888.586,00.
Cartões amarelos: Danilo, Marcio Araújo, Pierre, Pablo Armero (Palmeiras); Chicão, Willian, Alessandro, Leandro Castan, Jorge Henrique (Corinthians)
Gols: Edinho, aos 33’/1T (Palmeiras); Jorge Henrique, aos 21’/1T (Corinthians)

Palmeiras
Deola; Vítor, Danilo, Mauricio Ramos e Pablo Armero; Pierre, Edinho, Marcio Araújo e Lincoln (Tinga); Ewerthon (Patrick) e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Corinthians
Julio Cesar; Alessandro, Chicão, William e Leandro Castan; Jucilei, Ralf, Elias (Paulinho) e Bruno Cesar (Defederico); Jorge Henrique e Iarley (Souza).
Técnico: Adilson Batista