Corinthians 2 x 1 Atlético-PR - No sufoco, Timão estreia bem

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 9 (AFI) - Após ser eliminado na Copa Libertadores da América na última quarta-feira, o Corinthians encarou o Atlético-PR na estreia do Campeonato Brasileiro na tarde deste domingo, no Estádio do Pacembu, e venceu de virada por 2 a 1.

Veja também:
Copa BR: Com Neymar fora, técnico do Santos estuda opções

Com a vitória, o Timão segue invicto jogando no Pacaembu em 2010, e aliviou a crise que rondava o clube e a pressão em cima do técnico Mano Menezes. Wagner Diniz abriu o placar para o Furacão, aos 46 minutos do primeiro tempo, cobrando falta. Na segunda etapa, Souza empatou aos 13 minutos e Ronaldo, cobrando pênalti virou o jogo, aos 38 minutos.

Foi pra cimaAtlético. A primeira boa chance de gol veio com Jorge
No início do jogo o Corinthians foi pra cima do Henrique, que aos três minutos arriscou um chute de fora da área, e a bola passou muito perto da trave esquerda de Neto.

O Timão voltou a assustar o Furacão aos 11 minutos. Jorge Henrique recebeu pela esquerda e tocou para Ronaldo dentro da área. O Fenômeno viu dentinho passando na direita e deu um passe de calcanhar, mas o camisa 23 chutou em cima do zagueiro atleticano.

O Atlético-PR chegou ao gol de Felipe pela primeira vez aos 19 minutos. Alan Bahia carregou a bola até a entrada da área e arriscou com o pé direito, mas a bola saiu por cima do travessão do Corinthians.

Quase!
minutos. Roberto Carlos recebeu na esquerda e lançou A melhor chance do Timão no primeiro tempo foi aos 23 para Ronaldo. O camisa 9 do Timão por muito pouco não alcançou a bola, o que seria o primeira gol do jogo.

Começou a gostar do jogoprimeiro tempo. Aos 40 minutos Paulo Baier cobrou uma
O Furacão começou a gostar do jogo no final do falta pelo lado esquerdo, quase na linha de fundo e levou muito perigo ao gol do Corinthians.

No último minuto, com um jogador a menos, Wagner Diniz cobrou falta na área e a zaga corintiana parou. A bola passou por todo mundo, enganando o goleiro Felipe, que viu a bola entrar no canto esquerdo.

Voltou ligado
voltou ligado para o segundo tempo. O Atlético-PR Precisando correr atrás do resultado, o Corinthians recuou e chamou o time do técnico Mano Menezes para o ataque. Logo aos dois minutos, o Corinthians trocou passes dentro da área adversária, e a bola para Elias. O volante não pegou bem na bola, facilitando para o goleiro Neto.

O Timão continou no ataque e quase abriu o placar em uma cobrança de falta de Roberto Carlos. Na meia direita, o lateral mandou uma bomba, obrigando Neto a pular e espalmar para escanteio.

Depois de dominar o jogo o Corinthians chegou ao primeir gol aos 13 minutos. Ronaldo fez um corta-luz e a bola foi para Souza. O atacante dominou, saiu da marcação e bateu firme, no canto esquerdo do goleiro.

Aos 25 minutos o Timão ficou com dois homens a mais em campo. Chicão fez um belo lançamento para Dentinho e Neto chegou no carrinho, fora da área. O árbitro não teve dúvidas e mostrou o cartão vermelho.

A partir daí o Corinthians ficou o tempo todo no ataque, mas com dificuldades de criar jogadas de perigo ao gol do time paranaense. O Timão conseguiu balançar as redes em bola parada. Souza foi empurrado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Ronaldo cobrou firme, no canto direito e virou o jogo para o Corinthians.

O Corinthians teve mais uma boa oportunidade de fazer um gol. Ronaldo pedalou na entrada da área e viu Elias passando na direita. O volante recebeu e chutou de primeira, assustando o goleiro do Atlético-PR.

Próximos jogosAlegre para encarar o Grêmio, no próximo domingo, às
Na segunda rodada o Corinthians viaja até Porto 16 horas. Já o Atlético-PR recebe o Guarani na Arena da Baixada, também no domingo, mas às 18h30.

Ficha Técnica

Corinthians 2 x 1 Atlético-PR

Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo-SP
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique-RJ
Público: 9.232 torcedores
Renda: R$ 283.027
Cartões Amarelos: Danilo e Souza (Corinthians); Paulo Baier, Alan Bahia e Leandro (Atlético-PR).
Cartões Vermelhos: Paulo Baier e Neto (Altético-PR).
Gols: Souza aos 13'/2T e Ronaldo aos 38'/2T (Corinthians); Wagner Diniz aos 46'/1T (Atlético-PR).

CorinthiansCarlos; Ralf (Iarley), Elias e Danilo (Jucilei); Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo.
Técnico: Mano Menezes.
Felipe; Alessandro (Souza), Chicão, William e Roberto

Atlético-PRChico, Alan Bahia (Alex Mineiro), Paulo Baier e Márcio Azevedo; Javier Toledo (Netinho) e Marcelo (João Carlos).
Técnico: Leandro Niehues.
Neto; Rhodolfo, Leandro e Bruno Costa; Wagner Diniz,