Flamengo 1 x 0 Santos - Massa e Bruno garantem o G4!

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 31 (AFI) - A torcida rubronegra mais uma vez fez a festa ao comparecer ao Maracanã com mais de 75 mil torcedores. Quem fez a diferença, entretanto, foi o goleiro Bruno. Ele pegou dois pênaltis do meia Paulo Henrique e garantiu a vitória do Flamengo sobre o Santos, por 1 a 0, na noite deste sábado, na abertura da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.O Fla volta a vencer, uma rodada depois de perder uma invencibilidade de dez jogos na derrota para o Barueri (2 x 0), quarta-feira. O time também entrou no G4 de forma provisória e aparece no terceiro lugar, com 54 pontos. O Peixe, por sua vez, chegou ao quinto jogo sem vencer - três empates e duas derrotas - e está no 13º lugar, com 42 pontos.



É sempre com o Imperador!
apitou no início do jogo, o time rubronegro foi para o ataque. A tática deu certo, já que aos seis minutos, o atacante Adriano abriu o O Flamengo entrou em campo disposto a mexer no placar logo nos primeiros minutos. Assim que o árbitro Nielson Nogueira Dias placar. Léo Moura cruzou pela direita e o Imperador subiu alto para desviar de cabeça.Marcando bem a saída de bola, o Fla anulou as principais jogadas do Santos, que acabou recuando demais. Em sua primeira jogada

de perigo, porém, o Peixe tve uma excelente oportunidade de empatar. O atacante Jean invadiu a área e foi derrubado por Aírton. Na cobrança do pênalti, o meia Paulo Henrique cobrou no canto direito e o goleiro Bruno defendeu.

Na segunda metade do primeiro tempo, o time alvinegro passou a segurar a bola por mais tempo nos pés, mas continuou sem conseguir levar perigo à meta adversária. Com os cariocas se arriscando pouco, o jogo teve uma queda de ritmo e não voltou a ter lances empolgantes até o intervalo.Dois já é demais!
Depois de um primeiro tempo fraco, o técnico Vanderlei Luxemburgo fez duas mudanças de uma vez no intervalo. Ele sacou

Triguinho e Rodrigo Mancha para as entradas de Léo e Felipe Azevedo. Claramente mais ofensivo, o Santos tentou sair mais para o jogo, enquanto o Rubronegro tratava de apenas administrar o resultado.

Aos 11 minutos, o Santos quase chegou ao empate. Jean fez grande jogada, entrou na área, limpou a jogada e chutou. A bola tirou tinta da trave direita de Bruno. Conforme o tempo passou, a pressão do time paulista aumentou. Mas quem quase marcou aos 17 foi o Fla. Adriano recebeu na esquerda, entrou na área e soltou uma bomba no travessão. Quando os donos da casa pareciam começar a equilibrar o confronto, o Peixe teve uma outra chance de ouro para empatar. Aos 27,

o zagueiro Álvaro segurou o atacante André na área e o árbitro deu outro pênalti. Dois minutos depois, na cobrança, Paulo Henrique tornou a bater e o Bruno voltou a defender.

O Santos sentiu bastante o segundo pênalti perdido, mas ainda conseguiu criar outras duas boas chances antes do final. Aos 31, Felipe Azevedo tocou por cima de Bruno e Álvaro salvou em cima da linha. Já aos 38, Felipe Azevedo recebeu na área e bateu cruzado. Paulo Henrique se jogou na bola, mas não conseguiu desviar.

Próximos Jogos
No próximo domingo, às 16 horas, o Flamengo volta a campo para enfrentar o Atlético-MG, no Mineirão, em Belo Horizonte. Enquanto isso, o Santos joga contra o Náutico, no sábado, às 18h30, na Vila Belmiro, na Baixada Santista.Ficha Técnica



Flamengo 1 x 0 SantosLocal: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro-RJ
Árbitro: Nielson Nogueira Dias-PE
Público: 80.560 torcedores (77.063 pagantes)
Renda: R$ 1.500.110,00
Cartões Amarelos: Maldonado, Léo Moura e Álvaro (Flamengo); Triguinho, Adaílton, Léo e Germano (Santos)
Gol: Adriano aos 6'/1T (Flamengo)



Flamengo
Santos
Felipe; Pará, Adaílton, Eli Sabiá e Triguinho (Léo); Rodrigo Mancha (Felipe Azevedo), Germano, Rodrigo Souto e Paulo Henrique; Bruno; Leonardo Moura, Álvaro, Ronaldo Angelim e Juan; Maldonado, Aírton, Willians (Toró), Petkovic (Fierro) e Zé Roberto (Wellington); Adriano.
Técnico: Andrade.

Jean (Madson) e André.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.