São Paulo 1 x 1 Corinthians - Juizão dá uma mãozinha!

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 27 (AFI) – Com dois erros capitais, o mineiro Ricardo Marques Ribeiro ajudou o São Paulo a empatar com o Corinthians, por 1 a 1, na tarde deste domingo, no Estádio do Morumbi, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Primeiro ele inventou uma falta de Ronaldo e invalidou um gol legítimo de Jorge Henrique. Logo depois, ele deixou de marcar impedimento no gol de Washington, que decretou o resultado final.

Mas apesar desta ajuda, o Tricolor segue sem vencer o Timão. O Corinthians ostenta uma invencibilidade de mais de dois anos sem perder para o rival, desde março de 2007, quando perdeu por 3 a 1, no Morumbi.

Desde então, o Timão enfrentou o Tricolor oito vezes, conquistando quatro vitórias e quatro empates. Além disso, a temporada de 2009 foi favorável aos corintianos, que venceram três dos cinco clássicos disputados.

Na tabela, o São Paulo caiu para terceiro lugar, com 45 pontos, mesmo número do Goiás, mas uma vitória a menos (13 a 12). Enquanto isso, o Timão ficou na modesta oitava colocação, com 38 pontos.

Obrigado, garçom!
A rivalidade entre São Paulo e Corinthians trouxe bons momentos para o clássico deste domingo. Os jogadores esqueceram das reclamações e faltas para jogarem bola e fazerem um grande espetáculo no Morumbi.

Apoiado por seu torcedor, o Tricolor começou o clássico melhor. Com a maior posse de bola, o São Paulo chegou com Hernanes. O camisa 10 levantou para Jorge Wagner, que no meio dos dois zagueiros corintianos, cabeceou para o gol. Mas Felipe fez boa defesa.

O Corinthians respondeu aos 14 minutos. O zagueiro Paulo André foi ao ataque e meteu a cabeça na bola. Bosco, que substituiu Rogério Ceni machucado, espalmou e a bola acertou o travessão.

Mas seis minutos depois não teve jeito e o Timão abriu o marcador. O zagueiro e capitão André Dias mostrou que não está entrosado com Bosco. Ele ganhou a bola de Ronaldo e recuou. Mas Bosco estava saindo do gol e viu a bola passar. Sem marcação e com o gol livre, o Fenômeno marcou o gol mais fácil de sua carreira.

Este foi o segundo gol do camisa 9 contra o Tricolor. No Paulistão deste ano, Ronaldo deixou sua marca no segundo jogo da semifinal, quando o goleiro era o mesmo Bosco. Na oportunidade, o Timão foi campeão Paulista invicto.

Mesmo atrás do placar, o São Paulo não abaixou a cabeça e foi para cima. Aos 25 minutos, após boa troca de passes do Tricolor, Hernanes, da entrada da área, mandou um chute rasteiro e acertou a trave de Felipe.

Dez minutos mais tarde, Jean avançou e mandou um petardo do meia da rua. Mas Felipe, bem colocado, fez grande defesa e evitou o empate. A partir daí o jogo ficou truncado e sem grandes oportunidades.

Que isso, juizão!
O segundo tempo começou sonolento. O São Paulo voltou melhor, mas quando arriscou os arremates... Meu Deus! Um chute mais torto que o outro. O Corinthians preferiu tocar passes.

Mas aos 18 minutos, Ronaldo dividiu a bola com Renato Silva. O zagueiro tricolor caiu no chão e Ronaldo tocou para Jorge Henrique empurrar para as redes. Mas o juiz, não se sabe o motivo, anulou o gol legítimo do Timão.

Aos 23 minutos, Rincharlyson erra e Ronaldo avança com a bola. Mas mesmo de cara para Bosco, ele demora para chutar. O são-paulino se recupera e evita o segundo gol do Fenômeno.

De novo, juizão!
Próximos jogos
Na 27ª rodada, a pedido da TV, o São Paulo teve seu jogo antecipado para esta quarta-feira, às 21h50, contra o Náutico, nos Aflitos. Enquanto isso, o Corinthians encara o Atlético-PR, no sábado, às 18h30, no Pacaembu.Mas o São Paulo contou com seu 12º jogador. Não. Não era a torcida que fez festa no Morumba e sim, o árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro. Ele não deu impedimento claro de Wsahington, que empatou, após receber bola de Hernanes. O atacante tocou por cima de Felipe e fez festa.

Logo depois foi a vez do São Paulo reclamar do juizão. Marlos fez grande jogada pela direita, entrou na área e na dividida com Marcelo Mattos, caiu. Ele pediu pênalti, mas o mineiro nada marcou.

Antes do final do jogo, o camisa 9 do São Paulo foi expulso. Washington que já tinha um cartão amarelo, por conta da comemoração, reclamou e foi mais cedo para o chuveiro. Final 1 a 1.

Ficha Técnica

São Paulo 1 x 1 Corinthians

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo-SP
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro-MG

Renda: R$ 1.050.380,00.
Público: 32.180 pagantes. Cartões amarelos: Richarlyson (São Paulo); Defederico, Jorge Henrique, William (Corinthians)
Cartão vermelho: Washington (São Paulo)
Gols: Washington, aos 24’/2T (São Paulo); Ronaldo, aos 20’/1T (Corinthians)

São Paulo
Bosco; Renato Silva, André Dias e Miranda; Jean, Richarlyson (Marlos), Hernanes, Jorge Wagner (Hugo) e Júnior César; Dagoberto e Borges (Washington).
Técnico: Ricardo Gomes.

Corinthians
Felipe; Alessandro, Paulo André, William e Marcinho; Marcelo Mattos, Jucilei e Defederico (Moradei); Jorge Henrique (Souza), Dentinho e Ronaldo (Bill).
Técnico: Mano Menezes.