Palmeiras 2 x 1 Atlético-PR - Líder, agora, mais tranquilo!

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 26 (AFI) – O Palmeiras deu mais um importante passo para seguir tranquilo na luta pelo título do Brasileirão. Na noite deste sábado, o Verdão – que jogou novamente de azul – venceu o Atlético-PR, por 2 a 1, no Estádio Palestra Itália, pela 26ª rodada. O time paulista não mostrou seu bom futebol, mas contou com gols de Figueroa e Danilo para chegar à vitória, enquanto Chico fez para os paranaenses.

Diretoria comemora ter pago multa de Danilo

Dessa maneira, o Palmeiras soma 50 pontos e abriu seis para o vice-líder, o São Paulo, que ainda entra em campo pela rodada, quando enfrenta o Corinthians, no clássico paulista. Por outro lado, o Atlético-PR segue na 14ª colocação, com 31 pontos, mas não vai perder nenhuma posição encerramento da rodada.

O estreante da direita!
As primeiras chances de gol forma criadas pelo time paranaense, que acuou o Palmeiras no campo defensivo, mas não conseguiram vencer Marcos. Marcinho levou perigo ao Verdão logo aos sete minutos, mas o chute do meia foi à direita do gol palmeirense. O Furacão seguiu melhor e aos 11 poderia ter aberto o placar. Marcinho, novamente, chutou forte em cobrança de falta e Marcos salvou o líder do Brasileirão.

Quando o goleiro palmeirense não estava no lance, os jogadores do Atlético não conseguiram obter êxito por conta própria. Aos 14, Wesley fez boa jogada pela esquerda e mandou para dentro da área. A bola passou pelos defensores do Verdão e sobrou para Paulo Baier, que, de frente para o gol, não conseguiu mandar para dentro do gol. A primeira boa chance do Palmeiras foi somente aos 20. Figueroa cruzou da direita e Obina tocou de cabeça por cima do gol.

Após isso, o domínio foi todo do Palmeiras, que criou inúmeras chances, mas a boa teimava em não entrar. Aos 24, Vagner Love ficou com o rebote dentro da área e chutou por cima. Quatro minutos depois, Jumar tentou de fora da área e o goleiro Gallato salvou com a ponta dos dedos mandando para escanteio.

De tanto tentar o Verdão chegou ao gol. Aos 42, após chutão para frente, a bola ficou com o lateral Figueroa, que dominou, invadiu a área e chutou cruzado. A bola passou ao lado direito de Gallato. O gol do chileno, que estava fazendo sua primeira partida como titular, deu a vitória parcial ao líder.

No Palestra é Verdão!
No segundo tempo, o Atlético mostrou sua força e, novamente, obrigou o Palmeiras a ficar acuado em seu campo de defesa. Com um minuto, o time paranaense poderia ter empatado o duelo. Após cruzamento de Paulo Baier da direita, Marcinho tocou de cabeça e mandou a bola pela linha de fundo. O gol de empate do Atlético foi aos 17. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Chico desviou de cabeça, a bola ainda desviou em Danilo e enganou Marcos.

Com o empate, o Atlético teve a chance de virar aos 19. Após rápido contra-ataque, Marcinho recebeu em profundidade e chutou forte para defesa de Marcos. Sofrendo pressão do Furacão, o Palmeiras resolveu acordar e ficou novamente em vantagem no placar aos 24. Após cobrança de escanteio do lado direito do ataque, o zagueiro Danilo se jogou no chão e desviou para mandar a bola no canto direito de Gallato.

Sufoco!
Os minutos finais do jogo foram de sufoco para os torcedores do Palmeiras. O Atlético se soltou mais e foi atrás do empate, mas encontrou a defesa do Verdão bem postada. Aos 34, Netinho tentou de fora da área e Marcos fez uma linda defesa. A jogada mais impressionante da partida aconteceu aos 38. Wesley invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro. Com Marcos caído, Paulo Baier dominou e chutou, mas Danilo tirou em cima da linha. Aos 42, o Atlético teve sua última grande chance, mas Marcos, novamente, salvou em cobrança de falta.

Próximos Jogos!
Pela 27ª rodada, o Palmeiras encara o Santos, no próximo domingo, às 16 horas, na Vila Belmiro, em Santos. Por outro lado, o Furacão joga no sábado, às 18h30, quando enfrenta o Corinthians, no Pacaembu, em São Paulo.

Ficha Técnica

Palmeiras 2 x 1 Atlético-PR

Local: Estádio Palestra Itália, em São Paulo-SP
Árbitro: Jailson Macedo Freitas-BA

Renda: R$ 1.008.031,24
Público: 23.395 pagantes Cartões amarelos: Jumar, Figueroa e Marcão (Palmeiras); Patrick (Atlético-PR)
Gol: Figueroa 42’/1T e Danilo 24’/2T (Palmeiras); Chico 17’/2T (Atlético-PR)

Palmeiras
Marcos; Figueroa, Danilo, Mauricio Ramos (Mauricio) e Marcão; Edmilson, Jumar, Souza e Diego Souza; Obina (Ortigoza) e Vagner Love (Willians).
Técnico: Muricy Ramalho.

Atlético-PR
Galatto; Chico, Manoel e Fransérgio (Geílson); Nei, Valencia, Rafael Miranda (Netinho) e Wesley; Paulo Baier; Marcinho e Patrick (Alex Sandro).
Técnico: Antonio Lopes.