Botafogo 1 x 3 Vitória - Axé baiano pode derrubar técnico!

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 27 (AFI) – O Botafogo segue sem vencer no Campeonato Brasileiro sob o comando de Estevam Soares. Na noite deste domingo, o Fogão foi derrotado pelo Vitória, por 3 a 1, no Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, pela 26ª rodada. O lateral-esquerdo Leandro abriu o placar e no final do jogo Leandro Domingues e Gláucio completaram a vitória. Enquanto Laio descontou, aos 47.

A “Era Estevam” no Brasileirão acumula oito jogos, sendo três derrotas e cinco empates. Mas o jejum de vitórias é ainda maior, pois o time da estrela Solitária não vence há nove jogos, com quatro derrotas e cinco empates. Assim, o time ocupa a 18ª colocação, dentro da zona de rebaixamento, com apenas 25 pontos.

A situação do Vitória é bem mais tranqüila. O Leão chegou ao quinto jogo sem derrotas e com 39 pontos assumiu a sétima colocação. Além disso, os baianos quebraram um jejum fora de casa. A última vitória do clube fora do Barradão tinha sido na estreia, contra o Atlético-PR, em Curitiba.

Que Fogão é esse?
Ameaçado pelo “Fantasma do Rebaixamento”, o Botafogo tomou a iniciativa e marcou o primeiro gol logo com um minuto com Victor Simões, mas o árbitro anulou assinalando impedimento do atacante. A torcida do Fogão fez sua parte e compareceu em bom número ao Engenhão. Assim, o time tentava corresponder dentro de campo. Aos 15, Rodrigo Dantas chutou forte e Gléguer fez importante defesa salvando os baianos.

Sem ímpeto pára chegar com qualidade ao campo de ataque, o Botafogo viu o inevitável acontecer aos 29. Em uma rápida jogada de contra-ataque, Leandro avançou com velocidade pelo lado esquerdo e chutou cruzado. O zagueiro Juninho tentou fazer o corte e acabou mandando a bola contra o próprio gol. O árbitro confirmou o tento para o lateral.

A única oportunidade de empate para o time carioca ainda na etapa inicial foi aos 31. Lúcio Flávio deixou Victor Simões em condições legais para empatar a partida, mas o atacante chutou em cima de Gléguer. Na saída para o intervalo, os torcedores do Fogão perderam a paciência com o time e vaiaram muito.

Erros, erros e mais erros!
No segundo tempo, o Botafogo continuou errando muitos passes e facilitou o jogo do Vitória. O time baiano explorava o toque de bola e esperava a tentativa do Fogão para encaixar um contra-ataque e consolidar a vitória. O time carioca teve a chance de igualar o placar logo aos cinco minutos, mas a cobrança de falta feita por Lúcio Flávio parou na boa defesa de Gléguer. A resposta do Vitória foi em seguida, mas Leandro Guerreiro salvou, após toque de Neto Berola, e impediu o segundo gol baiano.

Os erros persistiram e o Vitória tinha o amplo domínio da situação. O time baiano tocava a bola de pé em pé e esperava pela decisão do Botafogo, que não conseguia sair em velocidade do campo defensivo. Assim, o tempo passava e a cada minuto perdido o torcedor do Fogão vaiava ainda mais intensamente, o que tirava a concentração dos atletas em campo.

Para completar o fisco do Botafogo, o time carioca ainda teve que encerrar a partida com dez jogadores em campo. Aos 27, o zagueiro Emerson recebeu o cartão vermelho após cometer falta criminosa no volante Vanderson, no meio-campo. O Vitória aproveitou a superioridade numérica e poderia ter ampliado aos 33. Leandro Domingues passou por dois e finalizou, mas Jefferson salvou.

O Fogão ainda teve a oportunidade de empate aos 36. Após cruzamento de Jóbson, o atacante Marquinho testou firme, mas o goleiro Gléguer fez defesa sensacional. Depois disso, o Vitória chegou a mais dois gols e definiu a vitória. Aos 41, Leandro Domingues arrancou em velocidade do campo de defesa e, livre, tocou na saída do goleiro. Dois minutos depois, Gláucio dominou no peito, tirou a marcação e na entrada da área colocou no ângulo esquerdo de Jefferson.

Nos acréscimos, o Botafogo ainda conseguiu diminuir. Aos 47, após cruzamento da direita, Laio apareceu entre a zaga e tocou de cabeça para descontar.

Próximos Jogos!
Pela 27ª rodada, o Botafogo terá uma parada indigesta, pois enfrenta o Goiás, domingo, às 16 horas, no Serra Dourada, em Goiânia. Por outro lado, o Vitória jogará novamente como visitante. O time baiano encara o Santo André, sábado, às 18h30, no Estádio Bruno José Daniel, no ABC.

Ficha Técnica

Botafogo 1 x 3 Vitória

Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro – RJ
Árbitro: Wallace Nascimento Valente - ES
Renda: R$ 177.820,00.
Público: 11.852 pagantes.
Cartões amarelos: Jônatas, Wellington, Leandro Guerreiro (Botafogo); Wallace, Magal, Leandro, William, Fábio Ferreira (Vitória)
Cartão vermelho: Emerson (Botafogo)
Gol: Laio 47'/2T (Botafogo); Leandro 29’/1T, Leandro Domingues 41'/2T e Gláucio 43'/2T (Vitória)

Botafogo
Jéfferson; Thiaguinho (Marquinho), Juninho, Wellington e Emerson; Leandro Guerreiro, Rodrigo Dantas, Jônatas (Laio) e Lúcio Flávio; Eduardo (Jóbson) e Victor Simões.
Técnico: Estevam Soares.

Vitória
Viáfra (Gléguer); Apodi, Wallace, Fábio Ferreira e Leandro; Vanderson, Magal, Leandro Domingues e William (Gil); Roger e Neto Berola (Gláucio).
Técnico: Vágner Mancini.