Náutico 3 x 0 Atlético-PR - Reencontro e vitória importante

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 29 (AFI) – Mais importante do que o reencontro do técnico Geninho contra seu ex-clube, o Atlético-PR, foi a importante e justa vitória do Náutico sobre o Furacão, por 3 a 0, neste sábado à noite, no Estádio dos Aflitos, em Recife, pela 22.ª rodada. Geninho deixou o Furacão após cinco rodadas, quando o time não se acertava e segurava a lanterna da competição.

A vitória foi confirmada ainda no primeiro tempo, quando saíram os três gols. E deixou o time pernambucano com 24 pontos, ainda na zona de rebaixamento, em 17.º lugar. Mas deu a esperança de que poderá lutar contra a queda para a Série B. De outro lado, o Furacão teve sua recuperação freada, mas ainda continua fora da zona de perigo, com 27 pontos, em 14.º lugar. E tem o comando do experiente Antônio Lopes, o ex-delegado de polícia no Rio de Janeiro.Ficha Técnica

Início nervoso, gols depois
O curioso é que o Timbu não começou bem o jogo, nervoso e errando muitos passes. Nos contragolpes, o Atlético era mais perigoso. Mas quis o destino qye os gols saíssem para o Náutico. E todos quase ao final do primeiro tempo.

Aos 32 minutos, o insinuante Carlinhos Bala arriscou o chute de fora da área e fez um golaço. O Atlético acusou o golpe, como numa luta de boxe, e ampliou aos 37 minutos quando Michel também soltou a bomba e ampliou. Nos acréscimos, Derley fez uma jogada individual e ampliou.

No segundo tempo, o Timbu “cozinhou” o jogo adiante de um Atlético improdutivo e que ameaçou algumas poucas vezes. Daí o goleiro Gledson apareceu bem e também se mostrou de muita sorte.

Próximos Jogos
Na próxima rodada, (23.ª) o Atlético joga, domingo, dia 6 de setembro, diante do Flamengo, em Curitiba. No mesmo dia, o Náutico pega o Fluminense, também lutando contra o rebaixamento, no Rio de Janeiro, em outro confronto considerado de "seis pontos", como foi este nesta noite em Recife.

Náutico 3 x 0 Atlético-PR

Local: Estádio dos Aflitos, no Recife-PE
Renda: R$ 55.890,00.Público: 14.099 pagantes.

Árbitro: Alício Pena Júnior-MG
Cartões amarelos: Márcio Azevedo, Manoel e Alex Sandro (Atlético-PR); Cláudio Luiz (Náutico)
Gols: Carlinhos Bala, aos 32’/1T, Michel, aos 37’/1T e Derley, aos 48’/1T

Náutico
Glédson; Patrick, Claudio Luiz, Márcio e Michel; Nilson, Derley (Rudnei), Juliano e Acosta (Fernando); Carlinhos Bala e Gilmar (Aílton)
Técnico: Geninho

Atlético-PR
Galatto; Manoel, Nei e Chico; Wesley (Raul), Rafael Miranda, Renan, Marcinho e Márcio Azevedo (Alex Sandro); Wallyson e Alex Mineiro (Zulu)
Técnico: Antônio Lopes