Atlético-MG 1 x 1 Sport - Vaias e mais vaias para o Atlético!

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 30 (AFI) – Uhhhhhh! Assim começou e terminou o empate entre Atlético Mineiro e Sport, por 1 a 1, na tarde deste domingo, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nada deu certo para o Galo que foi vaiado do início ao final do jogo. Poucos jogadores alvinegros se salvaram. Grande parte do elenco foi vaiado.Que Galo é esse?
Mesmo jogando em casa, o Atlético Mineiro foi uma decepção na primeira etapa. O Galo levou sufoco do Sport que luta contra o rebaixamento. O sufoco pernambucano deu início aos 16 minutos. Luciano Henrique puxou contra-ataque e mandou para Arce. O boliviano bateu cruzado e a bola passou perto.

"Ninguém aqui é Super-Homem para não sentir esta pressão. Precisamos do apoio deles. Não desaprendemos a jogar. Temos que melhorar e levantar a cabeça", desabafou Renan Oliveira.

Com o empate, o Galo chegou aos 34 pontos, na quinta colocação, e ainda sonha com a Libertadores. Já o Sport está cada vez mais próximo do rebaixamento, na penúltima colocação, com apenas 17 pontos.

Aos 28 minutos, Luciano Henrique, sempre ele, lançou Wilson que bateu cruzado e novamente a bola assustou Bruno. Cinco minutos mais tarde, o zagueiro Igor foi ao ataque e arriscou de perna esquerda. A bola passa rente a trave.

Por fim, aos 39 minutos, Andrade bateu da entrada da área e Bruno espalmou. No rebote, Andrade mandou para o gol re a bola saiu com perigo.

E mais apupos!
No segundo tempo, a torcida do Galo se animou com a entrada de Renteria. Mas logo aos 2 minutos, os torcedores fecharam a cara. Andrade bateu falta e acertou a trave mineira. No rebote, Arce encheu o pé e colocou a bola no ângulo, 1 a 0 Sport.

A resposta mineira veio três minutos depois. Thiago Feltri cruzou da esquerda e Diego Tardelli tocou com o pé direito na bola que bateu na trave. O Galo foi pra pressão e o Sport ficou no contra-ataque.

Mas aos 30 minutos, Evandro cobrou escanteio e zaga do Sport afastou mal e o garoto Renan Oliveira, que acabara de entrar, meteu para o gol, 1 a 1. Logo em seguida, Welton Felipe, do Galo, sentiu dores na parte posterior da coxa e como o time já tinha feito as três alterações, precisou ficar em campo fazendo número.

Mesmo com um a menos, o Atlético deu sufoco nos últimos minutos. Mas a pressão era grande e o Atlético não conseguiu acertar uma grande jogada e foi vaiado com o empate. O Sport ainda anotou dois gols, mas o árbitro anulou ambos.

Próximos jogos
O Atlético encara o Internacional, no sul, nesta quarta-feira, às 21 horas, pela 17ª rodada. Já o Sport encara o Botafogo no sábado, às 18h30, em casa.

Ficha Técnica

Atlético-MG 1 x 1 Sport

Local: Mineirão, em Belo Horizonte-MG
Árbitro: Paulo César de Oliveira -SP
Público: 19.783 pagantes
Renda: R$ 262.519,00
Cartões amarelos: Alex Bruno, Felipe, Evandro, Welton Felipe, Carlos Alberto (Atlético-MG); Hamilton. Moacir, Sandro Goiano (Sport)
Gols: Renan Oliveira, aos 30’/2T (Atlético-MG); Arce, aos 2'/2T (Sport)

Atlético-MG
Bruno; Welton Felipe, Alex Bruno (Renteria) e Werley; Tchô (Felipe), Renan, Carlos Alberto, Evandro e Thiago Feltri; Éder Luís (Renan Oliveira) e Diego Tardelli.
Técnico: Celso Roth.

Sport
Magrão; Moacir, Igor, Durval e Dutra; Andrade (Juliano), Hamilton, Sandro Goiano e Luciano Henrique (Juninho); Wilson e Arce (Ciro).
Técnico: Péricles Chamusca.