Grêmio 2 x 1 Internacional - Virada põe fim ao tabu!

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 19 (AFI) - Um dos clássicos de maior rivalidade do país, o Gre-Nal, teve mais um capítulo escrito neste domingo. O Grêmio venceu o Internacional, por 2 a 1, de virada, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Nilmar fez para o Colorado, com Souza e Maxi López virando para o Tricolor, que quebrou um tabu de quase dois anos sem vitória no clássico. O último triunfo havia sido dia 16 de setembro de 2007, por 1 a 0, também no Olímpico.

Veja também:
Mulher Melancia diz que esnobou o Imperador. Veja as fotos!

Com a vitória, o Grêmio chegou aos 18 pontos, ocupando a sexta colocação. O Inter, por sua vez, perdeu a chance de voltar à liderança do campeonato, estacionando nos 23 pontos, na terceira colocação.

Apesar da vitória, o Grêmio ainda segue bem atrás no retrospecto do clássico, que neste ano completa um centenário de história. Em 377 jogos, foram 141 vitórias do Inter, 119 do Tricolor e 117 empates, com 501 gols do Grêmio e 539 do Colorado.

Nilmaravilha guarda o seu...
O Internacional começou o jogo tentando valorizar a posse de bola e segurando o ímpeto inicial do Grêmio, que tomava a iniciativa pelo fato de jogar no seu estádio. O primeiro chute a gol foi de Souza, aos sete minutos, quando Lauro defendeu em dois tempos. O Tricolor era mais presente no ataque, e um minuto depois Fábio Santos aproveitou rebote da zaga e arriscou a finalização, para nova boa defesa do camisa 1 colorado.

A resposta do Inter veio aos 14 minutos, naquela que foi a melhor chance até então de abrir o placar. Andrezinho bateu escanteio, o zagueiro Sorondo subiu mais alto que a zaga e cabeceou forte, para grande defesa de Victor, que se esticou todo para evitar o primeiro gol do Gre-Nal. O Tricolor tinha mais posse de bola, mas quando o Inter chegava, levava mais perigo.

O Colorado perdeu outra boa chance aos 20 minutos. Taison fez boa jogada pela direita e rolou para D´Alessandro, que dominou dentro da área e chutou à esquerda do gol, assustando a torcida gremista. O gol do Inter tava maduro e saiu aos 24 minutos. Andrezinho deu belo lançamento para Nilmar, que invadiu a área e tocou na saída de Victor, fazendo o primeiro no clássico.

...e Showza responde!
Após abrir o placar, o Internacional recuou com o objetivo de sair nos contragolpes rápidos, mas acabou dando espaços demais para o Grêmio, que cresceu no jogo. Assim, a equipe gremista chegou aos empate dez minutos mais tarde. Guiñazu derrubou Souza de frente para o gol. O meia bateu com perfeição, mandando no ângulo direito de Lauro, que nada pode fazer: 1 a 1.

O gol animou o Tricolor, que ganhou confiança e pressionou o colorado nos minutos seguintes. Mas quem chegou perto de fazer o segundo foi o time vermelho. Após boa troca de passes do ataque colorado, D´Alessandro arriscou de fora da área e Victor defendeu em dois tempos.

Tricolor começa melhor, Inter equilibra
Na etapa final, o Tricolor retornou melhor e quase fez o segundo logo aos dois minutos. Tcheco cobrou escanteio pela esquerda, o zagueirão Réver se antecipou ao goleiro Lauro e cabeceou muito perto da trave. O time gremista marcava forte a saída de bola do rival e dificultava as criações de jogadas do Inter.

Mas depois de um começo superior do Grêmio, o Internacional equilibrou o jogo, valorizando a posse de bola. No entanto, no momento em que os visitantes cresciam no jogo, quem marcou foi o Tricolor. Após escanteio da direita, Réver chutou, Guiñazu cortou e a bola ficou para Maxi López, que não desperdiçou e tocou de cabeça para virar o jogo.

O gol abalou o Inter, que não parecia ter forças para reagir e quase levou outro. Num contra-ataque do Grêmio, Maxi López fez boa jogada e tocou para o hermano Herrera chutar forte na trave direita.

Próximos jogos
Os dois times voltam a campo na próxima quarta-feira, pela 13ª rodada do Brasileirão. O Grêmio enfrenta o Avaí, às 19h30, em Florianópolis, enquanto o Internacional joga contra o São Paulo, às 21h50, no Beira-Rio.

Ficha Técnica

Grêmio 2 x 1 Internacional

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)
Cartões amarelos: Guiñazu, Taison (Inter); Tcheco (Grêmio)
Gols: Nilmar, aos 24'/1T (Internacional); Souza, aos 35'/1T e Maxi López, aos 24'/2T (Grêmio)

Grêmio
Victor; Mário Fernandes (Makelele), Rafael Marques, Réver e Fábio Santos; Túlio, Adílson, Tcheco e Souza; Herrera (Jonas) e Maxi López.
Técnico: Paulo Autuori

Internacional
Lauro; Bolívar (Danilo Silva), Índio, Sorondo e Kléber; Sandro, Guiñazu, D'Alessandro e Andrezinho (Giuliano); Taison (Alecsandro) e Nilmar
Técnico: Tite