Patrocinadora das seleções brasileiras apoiará o Brasileirão Feminino A1

Apoiador das Seleções masculina e feminina, Guaraná Antarctica resolveu expandir seu apoio às mulheres do esporte.

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 31 (AFI) - Se tem futebol feminino, tem Guaraná Antarctica! A marca de refrigerantes entra em campo novamente e mostra seu pioneirismo no apoio à modalidade no país, agora, como patrocinadora oficial do Brasileirão Feminino A1. O acordo é válido por três anos e tem início imediato.

Apoiador das Seleções masculina e feminina, Guaraná Antarctica resolveu expandir seu apoio às mulheres do esporte. Com o patrocínio, a marca terá os direitos das placas de publicidade das partidas, poderá fazer ativação durante os intervalos dos jogos, além de realizar posts nas redes sociais da competição.

As jogadoras sempre nos deram muito orgulho por sua determinação e conquistas dentro de campo, então, não poderíamos mais deixá-las longe dos holofotes.

Depois do apoio às Seleções Nacionais, era o momento de valorizar ainda mais a principal competição de clubes do país para formar novas atletas e incentivar todas as meninas que sonham em jogar futebol", afirma Pedro Thompson, diretor de marketing de Guaraná Antarctica.

Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Foto: Lucas Figueiredo/CBF
PRESIDENTE DA CBF COMEMORA

"A CBF encara o futebol feminino como prioridade. A conquista de um parceiro tão relevante para a competição é uma demonstração de que seguimos colhendo bons frutos, a partir da nossa determinação de acelerar o desenvolvimento do futebol feminino em nosso país", destaca Rogério Caboclo, Presidente da CBF.

O apoio é mais um passo na trajetória da marca ao lado do futebol feminino. Em 2018, Guaraná Antarctica liderou o movimento que valorizou o futebol feminino no Brasil, incentivando outras empresas a apoiarem a modalidade.

A iniciativa contou com a atacante Cristiane, a meia Andressinha e a lateral-direita Fabi Simões que fizeram um ensaio fotográfico simulando a participação em propagandas de diversos segmentos, como beleza, produtos esportivos, cartão de crédito. Essas imagens, então, foram negociadas com mais de 15 marcas e o valor arrecadado foi dividido entre as jogadoras e o Joga Miga.

PREVISÃO

Devido à pandemia do COVID-19, a retomada do Brasileirão Feminino A1 está prevista para 26 de agosto. A competição interrompida durante a quinta rodada, termina no dia 6 de dezembro. Então, prepare sua pipoca e pegue seu Guaraná Antarctica. O Brasileirão Feminino A1 está pronto para recomeçar!