Em projeto do futebol feminino, Pia acompanha treinamento da seleção sub-20

Treinadora conversou com as atletas, falou sobre as oportunidades na carreira e como é preciso aproveitar o momento

por Agência Estado

Campinas, SP, 13 - Depois de cair nas oitavas de final do Mundial da França, no final de junho, a CBF resolveu inovar e iniciou um processo de mudança no futebol feminino do Brasil.

Para esse projeto, a técnica sueca Pia Sundhage foi contratada para a seleção principal e para comandar uma maior interação com as categorias de base. Nesta semana, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), isso está acontecendo com o time sub-20.

As jogadoras comandadas pelo técnico Jonas Urias tiveram uma visitante especial na concentração da seleção. Pia Sundhage e a auxiliar Beatriz Vaz observaram de perto o treinamento da equipe, que faz parte da preparação para a Liga Sul-Americana Feminina Sub-20, que será disputada em Buenos Aires, na Argentina, na próxima semana.

Pia Sundhage acompanha treinamento da seleção feminina sub-20 - Mauro Horita / CBF
Pia Sundhage acompanha treinamento da seleção feminina sub-20

Antes do início da atividade, Pia Sundhage conversou com as atletas no vestiário, falou sobre as oportunidades na carreira e como é preciso aproveitar este momento. Em campo, a sueca esteve atenta às instruções da comissão técnica e às conversas das atletas sobre o treino. Acompanhou todo trabalho coletivo e fez algumas anotações.

"Tê-la aqui é maravilhoso e a gente espera muito conseguirmos ter cada vez mais momentos como esse. A base tem que servir a seleção principal, então a Pia tem que olhar para baixo e observar se está gostando do que está vendo, com quem poderá contar. Como o objetivo final é esse, é muito importante que haja uma integração para que as ideias se conectem", ressaltou Jonas Urias.

INTEGRAÇÃO

Quem também elogiou a presença da sueca foi a goleira Mayara, que atua pelo Internacional. Para ela, as expectativas para o trabalho integrado entre as comissões são altas.

"Foi muito legal. É importante ter esse contato de principal e base, pois a Pia traz um novo trabalho. Agora ela está sempre acompanhando os trabalhos das categorias de base, são novas expectativas para um modelo de jogo novo para o Brasil. É importante ela estar acompanhando a base também, pois são jogadoras profissionais que ela também pode convocar para a principal, trazendo novos talentos", afirmou.

A seleção feminina sub-20 segue em preparação para a disputa da Liga Sul-Americana Feminina Sub-20. A equipe viaja neste domingo e estreia diante do Uruguai, na segunda-feira, às 13h30 (de Brasília), no estádio Julio Humberto Grondona, em Buenos Aires.