Romário agradece homenagem de Neymar, mas lembra que tem média superior de gols

Vale registrar também o fato de que a CBF considera que Romário contabiliza 56 bolas na rede pela seleção

por Agência Estado

São Paulo, SP, 11 - Mais do que apenas pelo golaço marcado no segundo tempo, o triunfo do Brasil por 3 a 0 sobre a Áustria, domingo, em Viena, o último duelo da seleção antes da Copa foi importante historicamente para Neymar por uma marca alcançada: com 55 gols, ele se igualou a Romário como quarto maior artilheiro da equipe nacional.

O atacante mostrou ter total conhecimento do feito alcançado ao repetir uma comemoração clássica de Romário, com a camisa levantada sobre os ombros, além dos braços erguidos. E o craque e hoje senador agradeceu a homenagem em publicação no Twitter.

Romário agradece homenagem de Neymar, mas lembra que tem média superior de gols
Romário agradece homenagem de Neymar, mas lembra que tem média superior de gols
Romário lembrou também que possui média melhor de gols, pois chegou aos 55 em 74 jogos disputados, enquanto Neymar alcançou a marca em 85 duelos. A relação de maiores artilheiros do Brasil também conta com Pelé, o líder máximo, com 95 gols, Ronaldo, com 67, e Zico, com 66. Entretanto, o ex-atacante fez questão de enfatizar o seguinte em sua publicação na rede social: "Aos 26 anos, Neymar ainda tem muitos recordes a superar".

Vale registrar também o fato de que a CBF considera que Romário contabiliza 56 bolas na rede pela seleção por computar um tento feito pelo ex-atacante contra um combinado, em um confronto que não era um jogo oficial. Porém, pelas contas de Neymar e do próprio Romário, ambos têm 55 gols pelo time nacional, levando em consideração apenas as partidas oficiais.

Recuperado de fratura no quinto metatarso do pé direito, o astro do Paris Saint-Germain marcou gols nos dois amistosos preparatórios do Brasil para a Copa - o outro foi no triunfo por 2 a 0 sobre a Croácia.

Já em Sochi, o "quartel-general" do Brasil durante o Mundial, Neymar e seus companheiros iniciam nesta terça, com um treino aberto, a preparação para a estreia na Rússia, domingo, às 15 horas (de Brasília), contra a Suíça, em Rostov-on-don.

 
 
" />