"Número da camisa não garante vaga entre os titulares”, diz Dunga

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 03 (AFI) - Quem pensou que a numeração da camisa poderia garantir uma vaga na equipe titular se enganou. O técnico Dunga, do Brasil, afirmou que a numeração oficial para a Copa do Mundo não garante ao atleta uma posição entre os titulares. A declaração do treinador aconteceu na coletiva de imprensa da manhã desta quinta-feira, em Johanesburgo.

Leia mais:
Reforço! Inter de Milão quer meia da Seleção Brasileira

Segundo o treinador, os 11 titulares que estrearão contra a Coréia do Norte, no próximo dia 15, já estão escalados em sua cabeça.

“O Brasil é interessante (brincou), tentamos evoluir, mas estamos fixados em números. Números não querem dizer nada. Lógico que na minha cabeça tenho uma equipe, que é normal depois de 3 anos e meio, se não o presidente ia me mandar embora. Vamos esperar até a Copa, ver a parte física", disse Dunga.

Dúvidas na Seleção

Algumas dúvidas ainda tiram a noite de sono do treinador da Seleção Brasileira, entre elas, os jogadores europeus e os que voltam de lesões.

"Estamos trabalhando para a equipe chegar em melhores condições para a primeira fase da competição. Vínhamos em testes físicos, com jogadores em fim de temporada, então tínhamos que equilibrar. Colocamos jogadores que não vinham jogando em seus clubes para dar ritmo de jogo. Ontem (quarta-feira), aos poucos, a equipe foi se encontrando, e o jogo serviu para ela se encaixar".

Dunga também assegurou que todos os atletas relacionados para a Copa têm condições de atuar como titular.

"Desde que eu comecei a trabalhar disse que todos têm condições de jogar. Por uma questão técnica, tática, só posso escolher 11. Mas todos que entram tentam segurar sua posição. Dentro da seleção, todos são titulares. E muitos que entram durante os jogos têm resolvido o problema".