Série B: Zimmermann deixa Pelotas e Brasil acerta com ex-técnico do São Bento

Na carreira ele já passou por clubes de massa, como o Paysandu e Sampaio Corrêa

por Agência Futebol Interior

Pelotas, RS, 26 (AFI) – O Brasil de Pelotas investiu em mais uma mudança no Departamento de Futebol. Depois de confirmar a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro, o clube encerrou o contrato com Rogério Zimmermann, treinador identificado com a torcida, e assinou com Paulo Roberto Santos, ex-São Bento e Sampaio Corrêa. O novo técnico foi apresentado já nesta segunda-feira e começa o planejamento para a próxima temporada.

Paulo Roberto Santos tem 60 anos e coleciona trabalhos pelo Brasil inteiro. Recentemente estava focado no mercado do interior de São Paulo, onde fez sucesso ao tirar o São Bento da Série A2 do Campeonato Paulista e levar até a Série B do Campeonato Brasileiro com acessos consecutivos. Mas já trabalhou também no Guarani, São Caetano, Botafogo-SP, entre outros.

Rogério Zimmermann deixa Pelotas e Brasil acerta com o técnico Paulo Roberto, ex-São Bento
Rogério Zimmermann deixa Pelotas e Brasil acerta com o técnico Paulo Roberto, ex-São Bento

Na carreira também já passou por clubes de massa, como o Paysandu e Sampaio Corrêa. No clube maranhense, ainda em 2018, não conseguiu evitar o rebaixamento na Série B. Ficou 11 jogos no comando do elenco, com 24% de aproveitamento, entre a 16ª e a 26ª rodada. Ainda assim, o presidente Ricardo Fonseca acredita no treinador: “Paulo Roberto tem uma história semelhante ao do Rogério (Zimmermann) pelo que fez no São Bento. Perfil vencedor e longevidade. Tivemos esse critério”, revelou.

“É muito cedo para falar do grupo. Temos um tempo muito curto. Mas algumas coisas estão em andamentos de chegadas, saídas. Sabemos do orçamento menor no primeiro semestre. Já temos coisas adiantadas”, completou o técnico Paulo Roberto. O orçamento para 2019 foi um dos grandes problemas para a renovação de Rogério Zimmermann. O treinador queria aumentar o custo, mas o presidente avisou que a folha salarial seria entre R$ 200 mil e R$ 250 mil.

Zimmermann assumiu o Brasil de Pelotas com a Série B em andamento com a missão de salvar o clube do rebaixamento. Em 13 jogos ele somou oito vitórias, quatro derrotas e um empate, com aproveitamento de 64%, livrando o clube com antecedência. No último sábado o time vencer o Goiás por 1 a 0 no Serra Dourada e fechou a temporada com 50 pontos, na 11ª posição.

 
 
" />