Série B: Desgaste físico preocupa Brasil-RS contra o Criciúma

Rogério Zimmermann não tem desfalques por cartão, mas vai avaliar atletas com sinais de cansaço

por Agência Futebol Interior

Pelotas, RS, 08 (AFI) - Depois de um jogo intenso na derrota por 1 a 0 para o Fortaleza, no último sábado, o Brasil de Pelotas mal teve tempo para se recuperar e já terá que voltar a campo nesta terça-feira. Até por isso, não é certo se o técnico Rogério Zimmermann irá contar com força máxima para o duelo contra o Criciúma, no Heriberto Hülse, pela 31ª rodada da Série B.

Com Rafael Dumas como provável substituto do suspenso Heverton, o treinador vai depender de uma avaliação do departamento médico em relação ao desgaste de alguns atletas. Contra o Fortaleza, Rafael Gava foi substituído no segundo tempo justamente porque demonstrou muito cansaço ao decorrer da partida.

A situação foi a mesma de Welinton Júnior. Homem de velocidade no ataque, ele teve uma participação muito desgastante e também precisou ser substituído. A preocupação pela condição física dos jogadores se deve também ao fato do Criciúma ter tido muito mais tempo para descansar.
Foto: Divulgação / GE Brasil
Foto: Divulgação / GE Brasil

O último jogo do time carvoeiro foi na terça-feira passada, no empate sem gols com o Oeste. Ou seja, eles tiveram uma semana inteira de descanso, além de não terem se desgastado com viagem, uma vez que o último duelo também foi realizado no Heriberto Hülse.

O Brasil de Pelotas é o 15º colocado, com 34 pontos, seis a menos que o Criciúma, que oupa o 12º lugar, com 40.

O Brasil deve ir a campo com Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Rafael Dumas e Alex Ruan; Leandro Leite, Itaqui, Diego Miranda, Rafael Gava (Bruno Collaço) e Welinton Júnior (Léo Bahia); Michel.

 
 
" />