Série B: Com caldeirão interditado, Brasil de Pelotas define nova "casa"

A diretoria xavante vai alugar o Centenário para enfrentar o Náutico no próximo dia 21

por Agência Futebol Interior

Pelotas, RS, 13 (AFI) - Caxias do Sul será a nova "casa" do Brasil de Pelotas no Campeonato Brasileiro da Série B. Como o Bento de Freitas está interditado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a diretoria xavante se viu obrigada a ir em busca de um local para o clube mandar os jogos e, depois de tentar Beira Rio e Arena do Grêmio, escolheu o Estádio Centenário.

O Bento de Freitas foi interditado porque, devido a queda de parte da arquibancada do placar no ano passado, o estádio teve a capacidade reduzida para menos de dez mil pessoas, o que não é permitido na Série B. Após entrar em um acordo com a CBF, o Brasil pôde fazer os cinco primeiros jogos como mandante em casa, tendo um ótimo aproveitamento: quatro vitórias e um empate.

Estádio Centenário vai receber pelo menos um jogo do Brasil de Pelotas
Estádio Centenário vai receber pelo menos um jogo do Brasil de Pelotas

Para voltar a receber os jogos da Série B, a diretoria do Brasil trabalha para concluir as obras e também a instalação de arquibancadas móveis. No entanto, para o duelo do dia 21, contra o Náutico, o Bento de Freitas ainda não vai estar liberado. Assim, a partida está marcada para o Centenário, que pertence ao Caxias. O mesmo deve acontecer diante do Bahia, pela 12ª rodada.

Antes de entrar em um acordo com o Caxias, a diretoria xavante tentou os dois principais estádios de Porto Alegre, mas não obteve sucesso. O Beira Rio vai receber a final do Campeonato Gaúcho de Futebol Americano, enquanto a administradora da Arena do Grêmio pediu cerca de R$ 75 mil pelo aluguel, valor considerado alto pelo Brasil de Pelotas.

O TIME!
Nesta terça-feira, o Xavante vai até Fortaleza enfrentar o Ceará, às 21h30, na Arena Castelão, pela nona rodada da Série B. Com a vitória sobre o Tupi, por 1 a 0, no último final de semana, o Brasil chegou aos 14 pontos e aparece na quinta colocação, seguindo de perto os quatro primeiros colocados - Vasco da Gama, Atlético-GO, Bahia e Náutico.

A delegação xavante já está em Fortaleza e a tendência é que Rogério Zimmermann mantenha praticamente o mesmo time que venceu o Tupi na rodada passada. O único desfalque é o atacante Marcos Paraná, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão automática. Nathan deve ser o escolhido para iniciar a partida. Por outro lado, o lateral-direito Wender retorna no lugar de Weldinho.

O Brasil deve entrar em campo com: Eduardo Martini; Wender, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, Washington, Felipe Garcia, Diogo Oliveira e Nathan; Ramon.

 
 
" />