Red Bull Bragantino perde zagueiro por Covid-19 e chega a quatro baixas

Além de Léo Ortiz, o técnico Maurício Barbieri não tem Edimar, Helinho e Artur

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 14 (AFI) - Para manter vivo o sonho de disputar a Copa Libertadores, o Red Bull Bragantino vai precisar superar muitos desfalques nesta segunda-feira, quando enfrenta o Sport, às 20 horas, na Ilha do Retiro, pela 36ª rodada do Brasileirão.

Defendendo uma invencibilidade de dois jogos, o Red Bull Bragantino tem 48 pontos e uma vitória não só mantém vivo o sonho da Libertadores como também garante a classificação para a Copa Sul-Americana de 2021.

Léo Ortiz desfalca o Red Bull Bragantino (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)
Léo Ortiz desfalca o Red Bull Bragantino (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

DEFESA E ATAQUE

O problema é que o técnico Maurício Barbieri acumula desfalques importantes. No sistema defensivo, são duas baixas.

O lateral-esquerdo Edimar recebeu o terceiro amarelo no empate com o Flamengo, por 1 a 1, e o zagueiro Léo Ortiz testou positivo para Covid-19.

Fabrício Bruno será o novo companheiro de Ligger na defesa. Na lateral esquerda, Maurício Barbieri tem Weverson e Lucas Cândido à disposição, com preferência para o primeiro.

BRASILEIRO - LUAN PERES COMEMORA NOME DO BID PELO SANTOS

Espaço incorporado por HTML (embed)

TEM MAIS
As outras duas baixas são no ataque. Com problemas musculares na coxa, Helinho e Artur não viajaram com a delegação para Recife. Bruno Tubarão e Lucas Evangelista são os prováveis substitutos, enquanto Morato corre por fora.

A provável escalação do Toro Loko é esta: Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Ligger e Weverson; Raul, Ricardo Ryller, Lucas Evangelista e Claudinho; Bruno Tubarão e Ytalo.