Técnico do Red Bull Bragantino espera reabilitação em confronto direto

Maurício Barbieri se mostrou bastante preocupado com a questão emocional dos jogadores

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 09 (AFI) - O Red Bull Bragantino tenta esquecer a atuação desastrosa contra o Internacional para buscar a reabilitação no confronto direto diante do Atlético-GO, neste domingo, às 18h15, no Estádio Olímpico, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Antes da derrota por 2 a 0 para o Internacional, na última quinta-feira, em Bragança Paulista, o Red Bull Bragantino vinha de empates com Vasco e Corinthians. O time tem 12 pontos e está na zona de rebaixamento.

Para esse jogo, o técnico Maurício Barbieri só não vai poder contar com o atacante Thonny Anderson, que entrou no decorrer do jogo contra o Internacional e acabou sendo expulso. Como ele era reserva, a formação inicial deve ser a mesma.

Maurício Barbieri espera a reabilitação do Red Bull Bragantino (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)
Maurício Barbieri espera a reabilitação do Red Bull Bragantino (Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

"A gente vinha numa evolução e numa constância de rendimento, é preciso retomar isso. A gente tem um jogo no domingo agora contra um time que está brigando na parte de baixo da tabela. A gente sabe que não vai ter facilidade", avisou o treinador.

O provável Toro Loko é: Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Raul, Ricardo Ryller e Claudinho; Artur, Alerrando e Bruno Tubarão.

PREOCUPAÇÃO
Após a derrota para o Internacional, Maurício Barbieri também se mostrou preocupado com a questão psicológica. Ele destacou que o elenco do Red Bull Bragantino é o mais jovem do Brasileirão.

"Depois que tomamos os gols, sentimos mesmo. A questão da ansiedade, estamos trabalhando. Vale lembrar que o Bragantino tem a menor média de idade do campeonato. Faltou maturidade e atenção para marcar a jogada dos dois gols. Depois disso, a gente se perdeu no jogo", comentou Barbieri.