Matriz veta e RB Bragantino suspende negociação com jogador do Cruzeiro

Motivo do veto austríaco: o zagueiro move uma ação contra o clube mineiro por atrasos salariais

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 09 (AFI) - A matriz da Red Bull, na Áustria, pediu e o RB Bragantino suspendeu a negociação com o zagueiro Fabrício Bruno, do Cruzeiro. O motivo: o jogador move uma ação contra o clube mineiro por atrasos salariais. A suspensão, no entanto, não é definitiva. As duas partes poderão voltar a conversar.

O negócio, aliás, estava praticamente certo. RB Bragantino e o staff do jogador já tinham tudo acertado e estavam a uma assinatura de celebrar o negócio. O pessoal austríaco, no entanto, não estava satisfeita com o imbróglio judicial e fez o pedido oficialmente. Prontamente atendido pelos paulistas.

Zagueiro ainda é do Cruzeiro. (Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)
Zagueiro ainda é do Cruzeiro. (Foto: Bruno Haddad / Cruzeiro)
O tal imbróglio é de R4 4 milhões. Este é o valor que Fabrício Bruno pede ao Cruzeiro desde dezembro passada, após o rebaixamento inédito na Série A do Campeonato Brasileiro. O zagueiro alega que não recebeu salários e nem o repasse do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o famoso FGTS.

A liminar a favor do zagueiro, porém, foi negada. Com esta confusão, o Cruzeiro, que está quebrado financeiramente, ficará seu seus R$ 2 milhões pela negociação do defensor. Por ora.