Série C: Bragantino reclama de arbitragem da semifinal por conta de gol anulado

Em seu perfil oficial no Facebook, o clube de Bragança Paulista não poupou o erro da arbitragem no duelo de volta contra o Operário

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 09 (AFI) – O Bragantino não ficou satisfeito com a arbitragem de Braulio da Silva Machado, de Santa Catarina, no duelo deste domingo, que marcou a classificação do Operário Ferroviário-PR para a final do Campeonato Brasileiro Série C, em cima do Massa Bruta.

O árbitro foi auxiliado Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back, ambos de Santa Catarina. O duelo de volta deste domingo, que, assim como a partida de ida, terminou empatado pelo placar de 0 a 0. Aos 19 minutos do segundo tempo, o Braga teve um gol anulado, em lance que Marquinhos cabeceou para o fundo das redes. O lance gerou revolta por parte do clube paulista.

No facebook, a página oficial do Bragantino destacou em duas publicações o erro da arbitragem. “Na partida de hoje, além da dificuldade dentro de campo, ainda tivemos um gol mal anulado, que poderia dar um outro resultado final à partida”, postou o clube.

Luiz Arthur Chedid, vice-presidente do Bragantino, também se queixou do lance duvidoso da arbitragem. “O pessoal da arbitragem precisa rever e se aprimorar ainda mais. O futebol desse jeito tá vergonhoso. Está sendo comum isso e o futebol sai perdendo. Teve no jogo do Botafogo e do Operário há menos de 30 dias atrás.”, afirmou.

Com o gol anulado, o duelo seguiu 0 a 0 até o fim, o que levou a decisão da semifinal para os pênaltis, nos quais o Operário Ferroviário venceu por 4 a 2. Apesar da eliminação, o time do interior de São Paulo garantiu na fase anterior o seu acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro.

O árbitro Braulio da Silva Machado e o auxiliar Kleber Lucio Gil estão escalados para apitar o duelo de ida da semifinal da Copa do Brasil entre Flamengo e Corinthians, marcado para a próxima quarta-feira, às 21h45, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

 
 
" />