Copa do Brasil: Matheus Peixoto quer manter a pegada por classificação do Bragantino

No mata-mata nacional, o Massa Bruta empatou por 1 a 1 com o Nova Iguaçu-RJ na fase inicial e na sequência eliminou o Altos-PI

por Federação Paulista (FPF)

Bragança Paulista, SP, 14 (AFI) Um dos classificados as quartas de final do Paulistão Itaipava, o Bragantino mudou a chave nesta semana visando um dos seus jogos mais importantes nos últimos anos. O time de Bragança Paulista enfrenta nesta quinta-feira o Vitória-BA, às 19h15, no Barradão, em Salvador, na volta da terceira fase da Copa do Brasil, e conta com vantagem após ter ganhado a primeira partida por 1 a 0. O gol único e decisivo foi marcado pelo atacante Matheus Peixoto, que destacou o trabalho de seu comandante e se mostrou confiante pela classificação à quarta fase.

"Nós temos um grupo muito forte, o Veiga (Marcelo, técnico) escolheu a dedo cada jogador que faz parte do nosso elenco, fizemos uma pré-temporada muito boa e isso está nos ajudando muito nessa fase decisiva da Copa do Brasil e no Campeonato Paulista... A gente sempre acreditou, e isso é muito importante para quem pensa em conquistar alguma coisa! Nós fizemos um grande jogo contra o Vitória dentro de casa e, se a gente conseguir manter essa pegada lá em Salvador, teremos grandes chances de avançar", disse.

 Decisivo, Matheus Peixoto quer 'manter a pegada' por classificação do Bragantino
Decisivo, Matheus Peixoto quer 'manter a pegada' por classificação do Bragantino
QUER AJUDAR
No mata-mata nacional, o Bragantino empatou por 1 a 1 com o Nova Iguaçu-RJ na fase inicial e na sequência eliminou o Altos-PI ao também vencer por 1 a 0. Recém-promovido à elite estadual, o campeão paulista de 1990 vem em bom momento na atual temporada, já que não perde há seis jogos no estadual (duas vitórias e quatro empates) e medirá forças contra o Corinthians nas quartas. Para Peixoto, a força do elenco alvinegro é um dos segredos dos recentes bons resultados do time do interior.

"A nossa pré-temporada foi muito boa. Todos entenderam a forma de jogar que o Veiga queria, e o nosso grupo, composto por jogadores de muita qualidade, ao longo das duas competições foi se destacando. Essa série sem derrotas mostra a força do nosso plantel. Começamos muito bem o ano, mas ainda não ganhamos nada. Devemos manter os pés no chão, continuar nessa pegada boa que nós estamos porque temos duas decisões nessa semana e precisamos estar extremamente concentrados", falou.

Sem o gol qualificado como critério de desempate no torneio, o Bragantino elimina a equipe baiana com qualquer resultado igualitário, enquanto o triunfo rubro-negro por um gol de diferença levará a partida para as penalidades. Como parar o Vitória? Basta fazer o ‘arroz com feijão’ que anda surtindo efeito em campo, segundo Peixoto.

"Nós temos que fazer o que a gente vem fazendo, o arroz com feijão. É ouvir o que o Veiga vai passar pra gente e ir para Salvador em busca da classificação. Acho que todos sonharam com isso, uma decisão, um confronto onde todos querem jogar, agora é manter o foco, acertar algumas coisas no último treino antes do jogo e buscar essa classificação", afirmou.

FARO DE ARTILHEIRO
Aos 22 anos, o carioca Matheus Peixoto chegou do Bahia ao Bragantino para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro de 2017. Neste ano, o atacante marcou quatro gols em 10 jogos no Paulistão -além do tento já citado contra o Vitória. Segundo o jogador, um conjunto de fatores o ajudou para alcançar esta fase artilheira.

"Estou muito feliz com essa fase. Venho trabalhando muito para isso, tenho que agradecer ao Bragantino pela oportunidade de disputar esse Paulistão, ao Veiga que sempre acreditou em mim e ao nosso grupo que sempre esteve ao meu lado, nos momentos bons e ruins. Agora é dar sequência no trabalho que vem sendo bem feito e ajudar todos eles nessas duas decisões que nós temos, tanto na Copa do Brasil, como no Paulistão", concluiu.

 
 
" />