Paulistão: Técnico analisa primeiro jogo-treino do Botafogo e já mira o São Paulo

Enfrentando outro integrante do Campeonato Paulista, a Pantera perdeu por 2 a 0 para a Inter de Limeira, no Estádio Santa Cruz

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 22 (AFI) - O Botafogo fez seu primeiro jogo-treino sob comando do técnico Alexandre Gallo no último sábado. Enfrentando outro integrante do Campeonato Paulista, a Pantera perdeu por 2 a 0 para a Inter de Limeira, no Estádio Santa Cruz.

O jogo-treino foi o único que a equipe botafoguense vai fazer neste período de preparação para o Paulistão. Já o time de Limeira, que está treinando há pouco mais de um mês, fez seu quinto jogo-treino.

“É evidente que queremos ganhar e quem veste essa camisa tem que ganhar, mas temos que entender que estamos trabalhando há 15 dias e a Inter de Limeira está há 45. Além disso, tivemos sete desfalques.

O jogo-treino serviu como um complemento do que fizemos de trabalho durante a semana no aspecto físico e técnico”, disse o treinador Alexandre Gallo, que utilizou uma formação na etapa inicial do jogo-treino e depois trocou praticamente o time inteiro na segunda etapa.


Palmeiras está pronto para encarar o Atlético-GO; veja último treino

Espaço incorporado por HTML (embed)


SITUAÇÃO DOS ATLETAS

Dos 16 atletas contratados pelo Tricolor para a temporada, sete ficaram fora da atividade: os zagueiros Victor Ramos, Yan Marques e Helder, o lateral esquerdo Pará, os meio-campistas Luan e Renatinho e o atacante Rafael Marques.

Destes, Rafa Marques, Yan Victor, Luan e Pará não enfrentam o São Paulo na estreia. Como estavam atuando fora do país, eles só podem ser inscritos a partir do dia 1º de março. Já Victor Ramos, Helder e Renatinho fizeram um trabalho físico.

FOCO NO SÃO PAULO

“A primeira semana de trabalho foi mais dedicada a parte física, enquanto a segunda colocamos o aspecto técnico. Nesta última semana agora, vamos fazer uma preparação exclusiva para o jogo contra o São Paulo. Será um trabalho específico para a estreia e depois teremos uma condição melhor”, completou o comandante.