Treinador do Botafogo-SP deve mexer no pior ataque da Série B

Wellington Tanque tem vaga entre os titulares ameaçada para o jogo desta sexta-feira

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 15 (AFI) - Sem balançar as redes há dois jogos e dono do pior ataque do Campeonato Brasileiro da Série B, ao lado de Figueirense e Oeste, o Botafogo deve ter mudanças no sistema ofensivo para a próxima partida.

O técnico Claudinei Oliveira estuda dar uma oportunidade para Judivan iniciar o jogo contra o América-MG, nesta sexta-feira, em Ribeirão Preto, entre os titulares. Com isso, Wellington Tanque ficaria como opção no banco de reservas.

Wellington Tanque pode deixar o time titular (Foto: Divulgação/Botafogo SA)
Wellington Tanque pode deixar o time titular (Foto: Divulgação/Botafogo SA)

Uma alteração lá na frente é certa, pois Rafinha está à disposição depois de cumprir suspensão automática na derrota para o Sampaio Correa, por 2 a 0. Luketa deve ser o escolhido para sair do time titular.

NA ESPERA
No mais, Claudinei Oliveira ainda não sabe se vai poder contar com a volta do lateral-direito Jeferson, poupado dos últimos jogos por conta de dores musculares. Se ele seguir vetado, Val será mantido.

O provável Botafogo para esse jogo é: Darley; Val, Jordan, Robson e Romão; Victor Bolt, Elicarlos e Bady; Ronald, Rafinha e Wellington Tanque (Judivan).

Com duas derrotas seguidas, o Pantera estacionou nos 14 pontos e tenta sair da zona de rebaixamento da Série B, onde está no momento na 17ª colocação.

CRUZEIRO DEFINIU SEU TERCEIRO TÉCNICO NA SÉRIE B