Paulistão: Preocupado com rebaixamento, Botafogo-SP quita folha salarial

Com apenas oito pontos, time de Ribeirão Preto está pressionado pela vice-lanterna

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 09 (AFI) - Apesar do cenário nebuloso no futebol, provocado pela expansão da pandemia do Covid-19, o Botafogo-SP acertou, na última quarta-feira, a folha salarial.

A diretoria do Pantera honrou os compromissos previamente prometidos com todos os jogadores do elenco profissional, comissão técnica e funcionários.

ALERTA

Preocupado com a zona de rebaixamento no Campeonato Paulista, o qual ainda tem data indefinida para retorno, o time de Ribeirão Preto já sofre fortes impactos nas finanças.

Botafogo-SP coloca contas em dia com elenco e funcionários - Raul Ramos / Botafogo FC
Botafogo-SP coloca contas em dia com elenco e funcionários

Sem bilheteria nos duelos como mandante, o Bota vê travada a última das quatro parcelas a qual tem direito pela cota de transmissão do Campeonato Paulista.

Por outro lado, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deve oficializar o recuo no repasse de R$ 600 mil aos 20 clubes da Série B do Campeonato Brasileiro.

O QUE VEM POR AÍ?

Com receitas curtas, a tendência é que a folha salarial do Botafogo-SP tenha corte a partir de maio.

Nos bastidores do Santa Cruz, há boa possibilidade de que a cúpula tricolor confirme redução de até 25% nos vencimentos registrados em carteira de trabalho.

EM CAMPO

No Campeonato Paulista, o Tricolor vive péssima fase. Ainda sem embalar na temporada, a equipe dirigida pelo técnico Claudinei Oliveira amarga a vice lanterna, com apenas oito pontos, dois abaixo em relação ao Água Santa, primeiro integrante fora do Z2.

Momentaneamente rebaixado, o Botafogo encerra participação na fase de grupos contra Guarani (casa) e Red Bull Bragantino (fora).