Botafogo-SP pretende voltar a treinar em 7 de abril mesmo sob "situação de emergência"

Data de 7 de abril, segundo a diretoria tricolor, pode ser prorrogada dependendo da situação do coronavírus

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 24 (AFI) - Enquanto o mundo se protege da pandemia do coronavírus - clubes italianos desistiram de voltar trabalhar -, o Botafogo pensa em treinar. O segundo pior time do Campeonato Paulista planeja reunir os jogadores em 14 dias. Resta saber se a diretoria estará presente.

A data de 7 de abril, segundo a diretoria, pode ser prorrogada. O fato é que o dia mencionado pelo Botafogo ainda estará em vigência a "situação de emergência" decretada pelo prefeito Duarte Nogueira (PSDB). Tal fato ocorreu em 19 de março e com prazo de 180 dias.

Essa atitude controversa, porém, não é a primeira da diretoria tricolor. Na última quarta-feira, no mesmo dia que o prefeito de Ribeirão Preto decretou "situação de emergência", a diretoria do Botafogo recomendou que os jogadores não saíssem da cidade.

Presidente estará em 7 de abril? (Foto: Divulgação)
Presidente estará em 7 de abril? (Foto: Divulgação)
O Botafogo está na vice-lanterna do Paulistão com oito pontos, dois a menos do que o primeiro rival fora da degola. Na volta do Paulistão, o Botafogo vai encarar o Guarani no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto.