Série B: Herói do acesso, goleiro do Botafogo se despede e revela torcida pelo clube

Antes de acertar sua saída, o goleiro participou do programa Resenha Tricolor e demonstrou o seu carinho pela equipe

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 04 - Herói do acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro, o goleiro Tiago Cardoso, 35, elogiou a estrutura atual do Botafogo e afirmou que estará sempre na torcida pelo clube. Ele se despediu oficialmente do Pantera nesta terça-feira, quando assinou a rescisão contratual.

CARINHO PELA EQUIPE
Foto: Divulgação / Botafogo-SP
Foto: Divulgação / Botafogo-SP

Antes de acertar sua saída, o goleiro participou do programa Resenha Tricolor e demonstrou o seu carinho pela equipe.

“Nesta década, conquistei cinco acessos, sendo três pelo Santa Cruz, um pelo Botafogo e outro pelo Goiás. Porém, o acesso conquistado pelo Botafogo foi totalmente diferente e teve um sabor especial”, disse Tiago Cardoso antes de relembrar momentos daquela decisão diante do Botafogo-PB.

“Peguei um pênalti no primeiro jogo, o que foi fundamental para não perdemos por um placar maior. Na segunda partida, não conseguíamos marcar e vi os torcedores deixando o estádio. Comecei a orar porque sabia que o pessoal voltaria. Nos acréscimos, marcamos o gol que levou o jogo para os pênaltis. Na disputa, consegui defender mais uma cobrança e conquistamos o acesso”, contou o goleiro.

TRABALHO DA COMISSÃO

De acordo com Tiago Cardoso, Kiko Oliveira, preparador de goleiros, e Gustavo Jabor, analista de desempenho, tiveram um trabalho importantíssimo. Os dois profissionais passaram informações sobre os cobradores de pênaltis do Botafogo-PB. Tiago ainda conhecia muito bem Marco Aurélio, principal cobrador de pênaltis do adversário, já que jogaram juntos no Athletico-PR.

“Pênalti não é loteria. É foco, treinamento. O Kiko e o Jabor passaram informações importantes para a disputa dos pênaltis”, disse o goleiro, que pretende jogar até os 38 anos.

ASCENSÃO

Durante o bate-papo com o Resenha Tricolor, Tiago Cardoso elogiou o trabalho da diretoria e vê o clube em ascensão.

“A estrutura do Botafogo mudou muito. A estrutura da arena é excepcional e o trabalho que está sendo feito tem que ser exaltado. Quero agradecer o carinho do torcedor botafoguense, dos funcionários e dos diretores. Tenho que agradecer o torcedor pela força que sempre passou. Vou estar sempre torcendo pelo Botafogo”, completou.