No Botafogo-SP, técnico aposta nos confrontos diretos pelo acesso

O Botafogo chegou com a derrota para o Brasil por 1 a 0 no segundo jogo sem vitória na Série B

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP 12 (AFI) - O Botafogo chegou com a derrota para o Brasil na sexta-feira por 1 a 0 no segundo jogo sem vitória na Série B. O Botinha, com 40 pontos, perdeu a oportunidade de voltar ao G4 e vê os concorrentes pelo acesso dispararem.

O treinador Hemerson Maria não joga a toalha e afirmou que os confrontos diretos em casa podem fazer a diferença para o Botafogo na briga pelo acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro. Ele também ressaltou que a equipe precisa voltar a ser mais eficiente fora de seus domínios.

"Temos que ser efetivos dentro de casa", diz Hemerson

Com 40 pontos e na sétima colocação, o Pantera disputará ainda cinco jogos no estádio Santa Cruz. Os adversários serão o Atlético-GO, o Coritiba, o Bragantino, o Sport e o Cuiabá. Já fora de casa, os rivais serão o Guarani, CRB, Oeste, Londrina e Paraná.

“Temos vários confrontos diretos em casa que podem fazer a diferença. Temos que ser efetivos dentro de casa assim como fomos contra a Ponte Preta. Precisamos também ser mais eficientes fora de casa”, disse Hemerson Maria logo após a derrota para o Brasil-RS.

“A competição está aberta ainda. Não podemos abaixar a cabeça. O grupo está comprometido com o Botafogo e prometemos brigar pela vaga até o final”, acrescentou.

O Botafogo volta a campo agora para enfrentar o Guarani na segunda-feira (14), às 20h, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

“Temos que dar tranquilidade para os atletas e fazer um bom jogo diante do Guarani para buscar a vitória. Nosso grupo está empenhado e vamos buscar os três pontos”, completou.