Série B: Maria elogia desempenho do Botafogo em Campinas e projeta decisão no Santa Cruz

Após triunfo implacável em cima do Guarani, Pantera tem decisão pelo acesso diante do Atlético-GO

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 15 (AFI) - Hemerson Maria rasgou elogios à atuação do Botafogo-SP na vitória em cima do Guarani por 2 a 0, nesta segunda-feira, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em duelo válido pela 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Os gols do triunfo tricolor foram marcados no segundo tempo pelo atacante Bruno Moraes e pelo meia-atacante Murilo Henrique em intervalo de oito minutos.

"Temos que exaltar o comportamento da nossa equipe. Marcamos muito forte a saída de bola, bloqueamos as laterais do campo, o centro do campo. Tivemos volume de jogo. Fizemos um bom primeiro tempo, mas faltou acertar a jogada no último terço do campo", analisou o comandante.

"Na etapa complementar, fizemos um ritmo mais forte e criamos mais oportunidades. O placar poderia ser até um pouco mais elástico. Fizemos um grande jogo, mas podemos evoluir", emendou.

Hemerson Maria se mostra satisfeito com vitória fora - Raul Ramos / Agência Botafogo
Hemerson Maria se mostra satisfeito com vitória fora

DECISÃO

Na entrevista, o comandante botafoguense também citou a importância do duelo contra o Atlético-GO, rival direto na briga por uma vaga no G-4, marcado para esta quinta-feira, 17, às 19h15, no Estádio Santa Cruz.

Atualmente, o Botafogo ocupa a quinta colocação com 43 pontos, na cola do Coritiba, contra 48 do Dragão, terceiro colocado.

"É um confronto direto. Ganhando do Atlético-GO, vamos ficar apenas dois pontos atrás de uma equipe que hoje ocupa a terceira colocação. O campeonato que parecia ter apenas uma vaga aberta pode ter duas caso a gente conquiste a vitória. É importantíssimo ganhar esses confrontos diretos", garantiu.

SEQUÊNCIA

Além do Atlético-GO, o Botafogo ainda enfrentará até o final do campeonato o CRB (fora), Coritiba (em casa), Oeste (fora), Bragantino (em casa), Sport (em casa), Londrina (fora), Cuiabá (em casa) e Paraná (fora).

"Não tenho essa moral toda para pedir, mas gostaria muito de contar com o apoio do torcedor botafoguense nesses cinco jogos que teremos em casa. Porém, precisamos que o torcedor tenha paciência porque serão partidas decididas nos detalhes", pediu.

"Precisamos dos gritos de apoio e tenho certeza que nosso torcedor será um grande parceiro nesta reta final. Estou há três meses no Botafogo e também tenho objetivos. Quero fazer história aqui com os jogadores, quero conquistar o acesso, quero vencer, ter o meu nome gritado pela torcida. Somos trabalhadores", encerrou.