Série C: Botafogo-SP é condenado a pagar R$300.000,00 ao ex-capitão César Gaúcho

Depois de alcançar as quartas de final do Paulistão, o Pantera foca na disputa do Campeonato Brasileiro

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 12 (AFI) - O ex-capitão do Botafogo-SP, César Gaúcho, entrou com processo contra seu ex-clube em 2017, cobrando quantias não pagas referentes ao 13º salário dos anos de 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016, férias dos períodos de 2012/13, 2013/14, 2014/15 e 2015/16, FGTS de todo o contrato (de 2012 a 2016) e diferença salarial em decorrência da redução salarial (clube reduziu o salário do atleta por diversas vezes). A audiência ocorreu em 2017, sendo o processo julgado improcedente em primeira instância.

O atleta recorreu ao tribunal (segunda instância) e o recurso foi julgado procedente, condenando o clube ao pagamento de R$200.000,00, que atualizados e corrigidos correspondem a aproximadamente R$300.000,00.

Série C: Botafogo-SP é condenado a pagar R$300.000,00 ao ex-capitão César Gaúcho (Foto: Divulgação)
Série C: Botafogo-SP é condenado a pagar R$300.000,00 ao ex-capitão César Gaúcho (Foto: Divulgação)
César Gaúcho é representado pelos advogados Filipe Rino e Thiago Rino.

“Foi reconhecida a natureza salarial do Direito de Imagem, que representava mais que 90% da remuneração do atleta, muito acima do limite permitido por Lei que é de até 40%, além do clube não ter provado que de fato utilizou a imagem do atleta nos 5 anos de contrato, e assim, foi deferido os reflexos em todas as verbas como 13ª salário, férias e FGTS de todo o contrato", comentou o advogado Filipe Rino. Depois de alcançar as quartas de final do Paulistão, o Pantera foca na disputa do Campeonato Brasileiro da Série C.