Em nota, presidente do Botafogo revela cobrança e multa aos jogadores

Durcesio Mello disse também que mudanças já estão sendo analisadas para a temporada 2021

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 14 (AFI) - O presidente Durcesio Mello perdeu de vez a paciência com a campanha pífia realizada pelo Botafogo no Campeonato Brasileiro e, em nota oficial, revelou aplicação de multa a alguns jogadores por falta de comprometimento.

"Cabe informar que foram aplicadas punições administrativas (multas) em atletas do elenco com os quais entendemos não estar havendo o comprometimento com o Botafogo e seus próprios companheiros de trabalho", dizia parte da nota.

Durcesio se reuniu com os jogadores na última terça-feira após o treinamento realizado no Nilton Santos e, apesar de passar confiança ao grupo, deixou claro a sua insatisfação com o desempenho do time.

"Aos jogadores, disse que confio e acredito no trabalho deles. Mas deixei clara a minha plena insatisfação e inconformismo com os resultados e a campanha até aqui. Cobranças são necessárias de forma dura, com o máximo compromisso e responsabilidade de todos os envolvidos com a instituição", comentou o mandatário.

O presidente Durcesio Mello revelou cobrança aos jogadores (Foto: Victor Silva/Botafogo)
O presidente Durcesio Mello revelou cobrança aos jogadores (Foto: Victor Silva/Botafogo)
SITUAÇÃO DELICADA!

O Botafogo vem de três derrotas seguidas e é o penúltimo colocado no Brasileirão, com 23 pontos, nove a menos que o Fortaleza, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Faltam oito rodadas para o fim do campeonato.

No domingo, o Fogão vai até a Baixada Santista enfrentar o Botafogo, na Vila Belmiro, pela 30ª rodada.

CONFIRA ABAIXO A NOTA NA ÍNTEGRA DE DURCESIO MELLO


É necessário um posicionamento direto com o torcedor sobre os acontecimentos ao longo dos últimos dias, os primeiros sob a nova administração. É importante deixar claro que não estamos satisfeitos com os resultados da equipe profissional.

Não se pode admitir o Clube exposto a essa crítica situação sem sinais sólidos de reversão do quadro. Ao longo dessa semana, convoquei reuniões com elenco, comissão técnica e a gerência de futebol.

Aos jogadores, disse que confio e acredito no trabalho deles. Mas deixei clara a minha plena insatisfação e inconformismo com os resultados e a campanha até aqui.

Cobranças são necessárias de forma dura, com o máximo compromisso e responsabilidade de todos os envolvidos com a instituição. Houve muitos erros, de todas as partes, que certamente servirão de aprendizado daqui para frente de modo que jamais se repitam.

Nesse contexto, cabe informar que foram aplicadas punições administrativas (multas) em atletas do elenco com os quais entendemos não estar havendo o comprometimento com o Botafogo e seus próprios companheiros de trabalho.

Também está em curso um processo de reavaliação e reestruturação do elenco e do Departamento de Futebol considerando todos os cenários para 2021. Não podemos mais esperar.

O Clube está em um processo irreversível de reformulação do seu modelo de gestão, alinhado às melhores práticas de Governança Corporativa, visando um Botafogo moderno, profissional e vencedor. Os frutos virão na linha do tempo, com um trabalho sob sólidos alicerces.