Carioca: Técnico do Botafogo volta a criticar a Ferj: "Falta bom senso"

Os jogos do Botafogo estão suspensos e ainda não há uma definição após o decreto do último sábado

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 21 (AFI) – O técnico do Botafogo, Paulo Autuori, é um dos principais críticos do retorno do futebol nesse momento e voltou a dar declarações fortes contra a organização do Campeonato Carioca.

Após um sábado confuso, com jogos cancelados, o treinador criticou a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), em entrevista para a Botafogo TV.

“A falta de sensibilidade, de bom senso e digo até de conhecimento da Federação do Estado do Rio de Janeiro ao não se preocupar em salvaguardar a integridade física dos jogadores, não só em relação ao vírus, mas especialmente em botá-los em atividade para jogos com um tempo absurdo. Fico muito preocupado com essa situação”, disse.

O treinador, no entanto, admitiu o prazer em voltar a trabalhar e afirmou que os jogos podem voltar a acontecer se tudo for feito com segurança.

“As incertezas em relação ao vírus continuam, já começa a ver a volta em alguns lugares de maneira mais acentuada. Isso demonstra que nem as autoridades sanitárias podem assegurar nada em relação à Covid-19. É importante manter todos os cuidados necessários. Está todo mundo alegre e satisfeito de voltar a trabalhar, fazer aquilo que gostamos. Essa vontade sempre tivemos, mas apenas a vontade. As necessidades, que devem ser sempre prioridade, nos levaram a pensar que não poderíamos correr riscos”, concluiu.