Carioca: Ruan Renato torce pela chegada de Yaya Touré ao Botafogo

Ele é um ídolo mundial, sem palavras. Se vier, a gente tem muita coisa a aprender com ele", afirmou o zagueiro alvinegro

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 25 - A possibilidade de Yaya Touré chegar ao Botafogo não está mexendo apenas com os torcedores alvinegros. Os jogadores da equipe carioca também estão de dedos cruzados, torcendo para que o experiente meio-campista chegue ao Rio de Janeiro para reforçar a equipe. O zagueiro Ruan Renato deixou isso bem claro nesta terça-feira.

O jogador de 26 anos, assim como seus companheiros, tem acompanhado a negociação com muito interesse porque deseja ter a oportunidade de compartilhar o vestiário com um atleta que tem grande vivência nas mais importantes competições do futebol, como a Copa do Mundo e a Liga dos Campeões da Europa.

"Ele é um ídolo mundial, sem palavras. Se vier, a gente tem muita coisa a aprender com ele. Ele foi idolatrado no Manchester City e eu espero que venha para melhorar o nosso elenco e que a gente consiga conquistar os nossos objetivos", comentou.

Ruan Renato - Foto: Vitor Silva/Botafogo - Foto: Vitor Silva/Botafogo
Ruan Renato - Foto: Vitor Silva/Botafogo
Enquanto as tratativas entre os representantes de Yaya Touré e os dirigentes do Botafogo não chegam a um desfecho - o que deve ocorrer nos próximos dias -, Ruan aproveita a convivência com outro jogador com grande experiência no mais alto nível do futebol, o japonês Keisuke Honda. Segundo o zagueiro, o meia, que já treina com os novos companheiros, vai se adaptar muito rapidamente ao clube e à vida no Rio de Janeiro.

"Ele está surpreendendo bastante. Até na língua, a gente brinca que daqui a pouco ele vai estar falando português. No início é um pouco mais difícil a adaptação, mas tenho certeza de que ele é um cara que vai somar demais", completou.

No domingo, o Botafogo vai estrear na Taça Rio (segundo turno do Campeonato Carioca) contra o Boavista, vice-campeão da Taça Guanabara (primeiro turno). Esse jogo, marcado para o Engenhão, pode ser marcado pela estreia de Honda com a camisa alvinegra.