Com denúncia engatilhada no STJD, violência pode custar perda de mando ao Botafogo

Botafoguenses espacaram pessoas no Estádio Nilton Santos durante o clássico contra o Flamengo

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 08 (AFI) - Os episódios de violência protagonizados por torcedores do Botafogo durante o clássico contra o Flamengo, na última quinta-feira, podem render grande prejuízo ao clube, muito provavelmente a perda de mando de campo. Isso porque já é certo que o Alvinegro será denunciado, conforme o afirmado pelo próprio procurador do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Felipe Bevilacqua.

"Já chegaram todas as imagens, bastante coisa do que ocorreu no Nilton Santos. Com certeza vai haver denúncia no artigo 213 do CBJD”, afirmou Bevilacqua em entrevista ao jornalista Rodrigo Mattos.

Seguranças precisaram agir para conter espancamento.
Seguranças precisaram agir para conter espancamento.
“Pela gravidade da situação, acredito que muito provavelmente vai haver a perda de mando de campo para o Botafogo. Só não sei se vai ser possível isso ocorrer ainda neste campeonato”, completou o promotor.

Vídeos que estão sendo amplamente divulgados nas redes sociais mostram botafoguenses, em grandes grupos, agredindo pessoas que suspeitavam ser flamenguistas disfarçados em setores reservados aos donos da casa. Uma das vítimas, Sérgio Fernando Pacheco Cavalcanti, de 38 anos, é torcedor do próprio Botafogo.

O artigo 213, citado por Bevilacqua versa sobre ‘deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir’. A pena envolve perda de mando e multa R$ 100 até R$ 100.00,00.

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES

Espaço incorporado por HTML (embed)