Gabriel defende elenco do Botafogo após críticas do ex-presidente em áudio vazado

O zagueiro também comentou a possibilidade de Alberto Valentim assumir a vaga no comando do time

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 10 - O zagueiro Gabriel saiu em defesa do elenco do Botafogo, nesta quinta-feira, após as críticas feitas pelo ex-presidente Carlos Augusto Montenegro. Ao mesmo tempo, o jogador respeitou a opinião do dirigente de que "não gostaria de ter ninguém deste grupo em 2020" e pediu concentração da equipe para o jogo com o Palmeiras, sábado, no Pacaembu, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Não escutei o áudio, mas já vi o comentário de todo mundo. Respeitamos as opiniões dele. Cada um tem sua opinião, sua ideia. Mas aqui tem um grupo de jogadores profissionais, que se dedicam bastante, correm bastante. O tanto que o João Paulo e o Pimpão correram na quarta-feira foi um absurdo. Demos a vida em campo. Tentamos deixar isso de lado e focar nesse momento maravilhoso que tivemos, para dar sequência e continuidade", afirmou o zagueiro.

Gabriel defende elenco do Botafogo após críticas do ex-presidente em áudio vazado
Gabriel defende elenco do Botafogo após críticas do ex-presidente em áudio vazado
No áudio, Montenegro, que foi presidente do clube na conquista do Campeonato Brasileiro de 1995, também criticou nominalmente Rodrigo Pimpão, Leo Valência, além de revelar negociação para a vinda do técnico Alberto Valentim até o fim do ano.

"A confiança que o Valencia e o Pimpão têm vai continuar sendo a mesma. Nesta quinta-feira, o Leo entrou e ajudou a equipe. O Pimpão correu um absurdo, sentiu cãibra nas duas pernas. A gente tem que valorizar isso, o que foi feito de bom. Essas coisas extracampo tem que deixar de lado. Com toda a dificuldade do clube, ninguém nunca deixou de jogar, de ir a um treino sequer. Prefiro valorizar a vitória e todos os jogadores", afirmou o defensor, que ratificou uma reunião do elenco com Montenegro. "Tivemos, sim. Antes do almoço, com todos os jogadores, o técnico e a comissão. Ele pediu empenho e dedicação. Foi uma reunião muito tranquila muito sadia."

DE OLHO NO NOVO COMANDANTE
Gabriel também comentou a possibilidade de Alberto Valentim assumir a vaga no comando do time, no lugar do demitido Eduardo Barroca. "Não trabalhei com ele ainda. Mas todos os jogadores falam bem dele, que é bem atualizado, tem vários conceitos muito legais de jogo. Joguei contra ele na Taça Rio, contra o Vasco, e era um time muito bem treinado, com várias jogadas ensaiadas. Se ele realmente vier, vai ser muito bem."

O zagueiro também analisou o Palmeiras, rival do fim de semana. "Sabemos da dificuldade que é jogar contra o Palmeiras. Em São Paulo é ainda mais difícil. O Palmeiras tem um elenco gigantesco, super qualificado, um treinador experiente, que sabe jogar o jogo. Vamos trabalhar com muita seriedade. Sabemos que é muito difícil, mas somos capazes de chegar lá e conseguir um bom resultado."

O Botafogo é o 12º colocado no Brasileiro, com 30 pontos. A vitória sobre o Goiás foi a nona da equipe na competição. O time ainda empatou três vezes e perdeu outras 12.