Após evitar goleada, goleiro do Botafogo foca no clássico contra o Vasco

Diego Cavalieri fez pelo menos cinco defesas difíceis na derrota para o Palmeiras, por 1 a 0

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 12 (AFI) - A derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, na noite deste sábado, no Pacaembu, ficou de bom tamanho para o Botafogo, que só não deixou o campo com um placar mais elástico graças a atuação de gala do experiente goleiro Diego Cavalieri.

"A gente trabalha com o intuito de poder ajudar. A gente tem que estar pronto quando tem oportunidades. Foi um jogo que a gente estava bem, mas tomamos um gol bobo. Agora é descansar porque temos um clássico pela frente", disse Cavalieri.

O goleiro Diego Cavalieri evitou que o Botafogo fosse goleado pelo Palmeiras
O goleiro Diego Cavalieri evitou que o Botafogo fosse goleado pelo Palmeiras
ESTREIA

O Botafogo volta a campo na próxima quarta-feira, quando faz o clássico contra o Vasco da Gama, às 21h30, em São Januário. A partida vai marcar a estreia de Alberto Valentim, que esteve no Pacaembu acompanhando o jogo neste sábado.

"A gente espera que possa chegar e somar. É um cara que tem histórico vitorioso no clube, ontem (sexta-feira) já bateu um papo com a gente", comentou Cavalieri, que lembrou de Eduardo Barroca:

"O futebol está muito louco. Perde dois, três jogos, ninguém presta, o treinador paga o preço. O Barroca era um cara fantástico".

Para o clássico, o Botafogo deve ter a volta de jogadores importantes, como o meia Cícero e os atacantes Rodrigo Pimpão e Diego Souza, que cumpriram suspensão automática.