Pimpão questiona arbitragem contra Botafogo e lamenta gol tomado

O atacante cobrou um pênalti não marcado após toque de mão de Pikachu dentro da área

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 09 (AFI) – O Botafogo saiu do Estádio Nilton Santos, após o empate por 1 a 1 diante do Vasco da Gama, na noite desta terça-feira, reclamando muito de uma pênalti não marcado pela arbitragem, após a bola bater no cotovelo de Yago Pikachu. O lance aconteceu aos 45 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio de João Pedro.

“Não sei como os árbitros estão levando essa situação de toque na mão. A bola nitidamente pegou na mão do Pikachu, mas a decisão cabe ao árbitro. Não podemos usar isso como desculpa para o resultado do jogo”, afirmou o atacante Rodrigo Pimpão.

O jogador ainda destacou a sequência positiva do Botafogo nas últimas rodadas, sob o comando de é Ricardo. O time carioca vem de quatro jogos de invencibilidade e se afastou da zona de rebaixamento para brigar por uma vaga na Sul-Americana.

Botafogo e Vasco ficaram no empate por 1 a 1
Botafogo e Vasco ficaram no empate por 1 a 1
“Não foi o resultado que queríamos. Nosso objetivo era conquistar a vitória, só que não veio. Temos que melhorar e evitar tomar gols bestas, como ocorreu hoje (terça-feira). Estamos em uma crescente”, completou.

Com o resultado, o Botafogo terminou a noite na 12ª colocação, com 34 pontos, abrindo quatro do Ceará, primeiro dentro da zona de rebaixamento. O próximo desafio é apenas no dia 15 de outubro (segunda-feira), às 20h, na Arena Castelão, diante do Ceará.

 
 
" />