Técnico que marcou época na seleção da Inglaterra negocia com o Botafogo-PB

Sven-Goran Eriksson conversa com o clube da Paraíba para assumir as categorias de base do clube e atuar como manager

por Agência Estado

João Pessoa, PB, 13 (AFI) - O futebol brasileiro deve ser o próximo destino profissional de Sven-Göran Eriksson e sua empresa de investimentos. Nesta quinta-feira, o Botafogo-PB anunciou estar em negociações avançadas com o sueco, que possui participações em três Copas do Mundo no seu currículo, para assumir as divisões de base, além de ser manager do clube.

"O ex-técnico da seleção da Inglaterra, Sven-Göran Eriksson, de 2000 a 2002 e 2006/2007, está de malas prontas para desembarcar no nordeste brasileiro e ser o novo comandante da gestão do projeto ousado das categorias de base do Botafogo da Paraíba, como afirmou em vídeo gravado ao clube paraibano", afirmou o clube em seu perfil no Instagram.

O Botafogo-PB divulgou vídeo nas redes sociais em que Eriksson confirma estar em conversações com Sérgio Meira, presidente do clube. E explica que seus emissários estão em João Pessoa para acertar a chegada da sua empresa ao time paraibano.

Sven-Göran Eriksson com a seleção da Inglaterra na Copa de 2002
Sven-Göran Eriksson com a seleção da Inglaterra na Copa de 2002
No texto publicado no seu perfil no Instagram, o Botafogo-PB explica que as negociações estão sendo lideradas pelo ex-jogador Lars Bakkerud, que está no Brasil desde o fim da última semana. Ele vem acompanhado por Anderson Sousa, um ex-jogador brasileiro que atuou na Noruega e hoje trabalha como agente e investidor. Ele foi o responsável pelo contato entre a empresa do sueco e o clube paraibano.

"Inicialmente trata-se de uma visita de estudo de viabilidade, mas abre a negociação para confirmar parcerias e a terceirização das categorias de base do clube, com investimentos profissionais e patrimoniais", explica o Botafogo-PB.

Nesta sexta-feira, os emissários de Eriksson e dirigentes do clube paraibano vão conceder entrevista coletiva para comentar detalhes da negociação e de como funcionaria a parceria com a Eriksson Management, empresa de investimentos do sueco, que agencia vários jogadores, como Elkeson e Hulk.

Eriksson, de 72 anos, possui um currículo extenso no futebol, tendo comandando a seleção da Inglaterra nas Copas do Mundo de 2002 e 2006 e da Costa do Marfim na de 2010. Também possui passagens por clubes como Roma, Lazio e Manchester City. E seu último trabalho como treinador foi à frente da seleção das Filipinas, encerrado em 2019.