Série C: Piza considera escalar Botafogo sem Marcos Aurélio no clássico

Além da dúvida no meio de campo, treinador deve fazer ainda duas alterações no setor defensivo

por Agência Futebol Interior

João Pessoa, PB, 22 (AFI) - Protagonista do Botafogo-PB na edição passada da Série C, o experiente meia Marcos Aurélio não conseguiu repetir as boas atuações na disputa atual da terceira divisão. Em meio a alguns lampejos, predominaram apresentações apagadas, tanto que o técnico Evaristo Piza não descarta a possibilidade de sacar o meio-campista do time titular para o clássico contra o Treze deste sábado, pela última rodada da fase de grupos.

“Podem ocorrer algumas situações. O Marcos Aurélio, nos últimos jogos, vem sofrendo um pouco na condição de jogo. Não vem deixando de correr, de competir, de ser líder. Tem o peso de ter o Marcos Aurélio em um jogo decisivo. Mas podemos ter a leveza do Elvinho ou Erivélton. Podemos deixar leve e deixar o Marcos, com experiência, para o segundo tempo, mas temos até sexta para decidir”, explicou o treinador.

Foto: Divulgação / Botafogo-PB
Foto: Divulgação / Botafogo-PB
DEFESA
Além da dúvida no meio de campo, Piza deve fazer ainda duas alterações no setor defensivo. Sem Fábio Alves, suspenso por ter sido expulso contra o Náutico, é certo que o técnico terá que pensar em um nome diferente para a lateral esquerda.

A briga fica entre Neuton e o meia Enercino, que já foi improvisada na posição em mais de uma oportunidade. Outro nome que pode ficar de fora é o zagueiro Fred, que está lesionado, mas ainda tem chances de ser utilizado.

“Vamos pensar no que temos de melhor para este jogo em termos de estratégia. Precisamos fazer o resultado, ter velocidade, buscar a vitória. No setor do Fred, temos o Lula. Do Fábio, temos o Neuton em transição, mas precisamos lembrar que o Enercino, quando foi utilizado, também fez um bom jogo contra o Santa Cruz”, avaliou Piza.

O Belo deve ir a campo com Saulo; Neilson, Donato, Fred (Lula) e Neuton (Enercino); Serginho, Juninho, Marcos Aurélio (Elvinho ou Erivélton) e Clayton; Dico e Felipe Alves.