Itamar Schulle comemora marca de respeito e, agora, quer acesso no Botafogo

Campeão paraibano pelo Belo, treinador mira o acesso na Série C do Brasileirão

por Agência Futebol Interior

João Pessoa, PB, 16 (AFI) - Poucos técnicos ostentam 100 jogos no mesmo clube. Em duas passagens pelo Botafogo, sendo a primeira em 2010, Itamar Schulle (foto) atingiu esta marca durante a estreia na Série C do Campeonato Brasileiro. O Belo empatou com o Cuiabá, por 0 a 0, pelo Grupo A. Ao todo, o comandante ostenta 44 vitórias, 28 empates e 28 derrotas.

"Fiquei muito feliz com a homenagem que recebi do clube (ele ganhou uma camisa com o número 100 e seu nome antes do jogo de domingo). Espero realizar, pelo menos, mais 100 jogos por esse clube. Trabalho duro para dar alegria aos torcedores e atingir os objetivos desejados pelos dirigentes", comentou Schulle ao site Grande Área.

Campeão paraibano pelo Botafogo - título que o Belo não alcançava desde 2014 -, Itamar Schulle trabalha, agora, para recolocar o clube nordestino na Série B. Ele sabe que a tarefa não é fácil, mas promete muito trabalho.

"Conquistamos o Estadual que há tempos não era ganho pelo Botafogo. Isso ajuda o time a ter calma no nosso próximo desafio. Queremos o acesso. Não será nada fácil, mas garanto aos torcedores que iremos trabalhar muito para atingir esse objetivo", completou.

O Botafogo voltará a campo já nesta sexta-feira, às 19 horas, contra o Fortaleza no Estádio do Castelão pela 2ª rodada do Grupo A da Série C.