Técnico do Penta revela desejo de comandar gigante argentino antes de se aposentar

Felipão elogiou a cidade de Buenos Aires e a grandeza do Boca Juniors, além de revelar que já foi especulado no clube

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - Sem clube desde que deixou o Cruzeiro, antes do fim da última temporada, o treinador Luiz Felipe Scolari, pentacampeão mundial com a seleção brasileira, afirmou em entrevista a uma rádio argentina que gostaria de treinar a equipe do Boca Juniors antes de encerrar sua carreira no futebol.

SONHO POSSÍVEL?

O ex-treinador de Cruzeiro e Palmeiras e que também conta com uma passagem pelo comando técnico do Chelsea e seleção portuguesa, elogiou a cidade de Buenos Aires e a grandeza do Boca Juniors. Felipão também revelou que já foi especulado no clube.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

"Na Argentina, gostaria de dirigir o Boca, porque penso que existiria uma identificação muito grande do meu jeito de treinar com o Boca. Essa possibilidade existiu há um ano, quando houve uma eleição, mas depois passou. Neste momento eu já tomei a 1ª dose da vacina, e depois que tomar a 2ª, ouvirei propostas de qualquer lugar. Na Argentina, o Boca seria um time maravilhoso para treinar. É um time que eu acho que seria ideal (para encerrar a carreira)", disse o treinador.

MESSI

O lendário técnico do pentacampeonato mundial da seleção brasileira também foi perguntado sobre Messi. Felipão não poupou elogios ao craque argentino, esperança de título de seu país.

"O Messi é gênio. O futebol dele é diferente, ele não precisa fazer nada diferente, porque quando a bola chega até ele, ele sabe o que fazer e faz tudo com simplicidade. Nós, brasileiros, gostamos disso. Tivemos muitos gênios no futebol. Por tudo isso gostamos dele", finalizou o técnico de 72 anos.