Conmebol confirma multa a jogador que pisou em Marinho na Libertadores

Frank Fabra, do Boca Juniors, foi punido em três jogos e pagará multa de US$ 2.250 mil

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 25 (AFI) - A justiça tarda, mas não falha. A Conmebol confirmou, na manhã desta quinta-feira (25), a punição ao atleta Frank Fabra, do Boca Juniors, por conta de um pisão em Marinho, do Santos, na semifinal da Copa Libertadores.

Além de ter que cumprir uma suspensão de três partidas, o atleta foi multado em US$ 2.250 mil, algo equivalente a R$ 12.232 mil.


Fabra foi expulso contra o Santos por entrada criminosa em Marinho. Foto: Divulgação
Fabra foi expulso contra o Santos por entrada criminosa em Marinho. Foto: Divulgação

RELEMBRE O CASO

O lance aconteceu na partida de volta entre Santos e Boca Juniors pela Copa Libertadores 2021. O Peixe levou a melhor, venceu por 3 a 0 e avançou à final da competição.

Após abrir uma larga vantagem, os jogadores do Santos começaram a trocar passes, colocando os argentinos na roda, algo que irritou os "hermanos". De cabeça quente, Fabra fez falta dura em Marinho e pisou no jogador.

O árbitro colombiano Wilmar Roldán, de olho no lance, marcou a infração e expulsou o volante do clube de Buenos Aires.

OUTRA PUNIÇÃO

Além de Frank Fabra, outro jogador argentino foi punido pela Conmebol, mas dessa vez do River Plate. Por agredir Gabriel Menino, do Palmeiras, Jorge Carrascal acabou sendo expulso, também na semifinal da Libertadores.

A multa para o jogador do River foi um pouco mais baixa, de US$ 1500 mil, algo em torno de R$ 8.157 mil. Além disso, Carrascal pegará dois jogos de suspensão na competição.