Libertadores: Atacante ex-Cruzeiro sofre ameaças após derrota do Boca Juniors

Ramon Ábila vem recebendo ameaças em que sua família estaria na mira de sequestradores

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - A coisa está feia. Após a derrota do Boca Juniors para o River Plate, pelo placar de 2 a 0, no jogo de ida das semifinais da Libertadores, o clima ficou tenso nas proximidades da La Bombonera. Tanto que nesta última semana, o atacante Ramon Ábila, ex-Cruzeiro, vem recebendo ameaças em que sua família estaria na mira de sequestradores.

Segundo informações do portal argentino TyC Sports, o jogador denunciou o fato as autoridades de Buenos Aires e seus familiares até já receberam proteção policial. A casa da família, que está situada no Bairro dos Remédios de Escalada de La Docta, em Córdoba, está sob custódia permanente da Polícia Federal.

Ramon Ábila vem recebendo ameaças em que sua família estaria na mira de sequestradores
Ramon Ábila vem recebendo ameaças em que sua família estaria na mira de sequestradores
De qualquer forma, ainda está sendo investigado pelo Tribunal Federal, de onde veio a ligação com a ameaça. Neste primeiro momento, as autoridades locais preferem não descartar nenhuma hipótese.

O atacante é desfalque certo para o duelo de volta das semifinais da Libertadores, que está marcado para o dia 22 de outubro. Ábila sofreu uma lesão muscular na panturrilha e ficará de fora por pelo menos cinco semanas.