Série B: Daniel Cruz reconhece momento complicado do Boa Esporte, mas não joga toalha

O time mineiro não vence há sete jogos e está cada vez mais afundado na zona de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Varginha, MG, 05 (AFI) - O Boa Esporte chegou ao sétimo jogo sem vitória no Campeonato Brasileiro da Série B na noite da última quarta-feira ao perder para o Atlético-GO, por 2 a 0, no Olímpico Pedro Ludovico, pela 14ª rodada. Com apenas sete pontos, o time mineiro amarga a lanterna e se afunda cada vez mais na zona de rebaixamento.

Na saída do gramado, mostrando abatimento com mais um resultado negativo, o atacante Daniel Cruz lamentou a falta de atenção nos lances que originaram os gols do Atlético-GO, reconheceu o momento delicado, mas evitou jogar a toalha.

O Boa Esporte chegou ao sétimo jogo sem vitória ao perder para o Atlético-GO
O Boa Esporte chegou ao sétimo jogo sem vitória ao perder para o Atlético-GO
"É complicado o momento que a gente está vivendo. Teve um pouco de falta de atenção no primeiro e no segundo gol. No segundo, eu tenho uma parcela de culpa. Mas não podemos abaixar a cabeça e desistir. Temos dois jogos seguidos dentro de casa e precisamos buscar os seis pontos para sairmos dessa situação", comentou o atacante.

Os dois jogos que foram citados por Daniel Cruz no Dilzon Melo são contra CRB (13/07) e Ponte Preta (21/07). O problema é que o Boa Esporte tem a pior campanha como mandante na Série B, sem nenhuma vitória. Até aqui, diante do seu torcedor, o time teve dois empates e quatro derrotas.

A situação boveta realmente é bastante complicada. A diferença para o Sampaio Corrêa - primeiro time fora da zona de rebaixamento e que ainda vai jogar na rodada - é de oito pontos. A partida contra o Atlético-GO marcou a estreia do técnico Ney da Matta.

 
 
" />