Série B: Nedo Xavier queria vitória em "jogo de festa", mas elogia luta do Boa Esporte

Boa Esporte empatou com o Guarani e segue no meio da tabela a seis pontos da zona de acesso

por Agência Futebol Interior

Varginha, MG, 13 (AFI) - O técnico Nedo Xavier (foto) queria comemorar os 150 jogos a frente do Boa Esporte na Série B do Campeonato Brasileiro com vitória sobre o Guarani. O empate, por 2 a 2, na última terça-feira, em Varginha, não foi o esperado, mas ainda assim o experiente treinador elogiou a entrega e a luta dos jogadores. A igualdade pela 24ª rodada foi obtida aos 44 minutos do 2º tempo.

"Queríamos a vitória. O resultado nos colocaria de vez na briga pelo G4. Infelizmente não deu. O Guarani tem uma boa equipe. Mas ainda assim valeu pela luta e pela entrega dos jogadores. Não desistimos. Fomos buscar o resultado até o final. E é isso que quero ver até o final da Série B", analisou ele ao site Grande Área.

Nedo Xavier está em sua nona passagem pelo Boa Esporte, sendo a quinta edição de Série B. Ao longo desses 150 jogos na competição foram 56 vitórias, 34 empates e 60 derrotas. São 202 pontos conquistados de 450 possíveis. Aproveitamento de 44,9%. Nenhum outro técnico na história do clube mineiro tem desempenho superior ao de Nedo Xavier.

"Fico muito feliz pelos números. Mas temos que seguir trabalhando. Só assim alcançaremos nossos objetivos. Estou em casa aqui. Tenho liberdade para trabalhar e isso ajuda qualquer profissional", finalizou Nedo Xavier.

O empate deixou o Boa Esporte na 11ª colocação com 33 pontos, seis a menos do que o G4. O clube de Varginha voltará a campo apenas em 22 de setembro, às 19h15, para encarar o Juventude no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela 25ª rodada.