Ex-Paris Saint-Germain, atacante Choupo-Moting é apresentado no Bayern de Munique

O alemão naturalizado camaronês assinou contrato de um ano com o clube bávaro

por Agência Estado

Campinas, SP, 12 - O atacante Jan-Eric Maxim Choupo-Moting foi apresentado oficialmente no Bayern de Munique nesta segunda-feira. O alemão naturalizado camaronês assinou contrato de um ano com o clube bávaro e chega com a árdua tarefa de disputar posição com o goleador Robert Lewandowski, eleito o melhor jogador do futebol europeu na temporada 2019/2020 e uma das referências da equipe.

Nascido na Alemanha e com cidadania camaronesa por conta do pai, Choupo-Moting já tem uma trajetória no futebol alemão. Ele foi revelado no Hamburgo e passou por Nuremberg, Mainz e Schalke 04 antes de se transferir para o Paris Saint-Germain.

Agora, no Bayern, o atacante de 31 anos pode ser a sombra de Lewandoswki, embora admita que o polonês, por tudo o que fez nas últimas temporadas - marcou 15 gols em dez jogos na Liga dos Campeões, além dos 34 em 31 compromissos por competições na Alemanha - esteja bem à sua frente na disputa.

Choupo-Moting vestiu a camisa do Bayern de Munique (Foto: Divulgação)
Choupo-Moting vestiu a camisa do Bayern de Munique (Foto: Divulgação)

"Estou muito feliz pois tudo aconteceu muito rapidamente. É uma grande honra jogar por um clube tão grande. Conversei com o treinador (Hansi Flick) e ele disse que ficaria feliz se eu viesse. Todos sabem que o Lewandowski está na frente, mas cada jogador tem sua importância no elenco", declarou o atacante.

NÚMEROS

Na temporada passada, Choupo-Moting marcou seis gols em 20 partidas pelo PSG. O mais importante deles foi na vitória por 2 a 1 sobre a Atalanta nas quartas de final da última edição da Liga dos Campeões. Na ocasião, ele também deu uma assistência e virou o herói improvável da classificação do time francês às semifinais. A equipe parisiense foi derrotada na final, justamente pelo Bayern, nova casa do camaronês.

O atacante soma 16 gols em 55 jogos pela seleção de Camarões e balançou as redes 68 vezes em 348 partidas oficiais pelos cinco clubes que defendeu antes de chegar ao Bayern - também teve uma rápida passagem pelo Stoke City, da Inglaterra.

Um fato curioso é que o jogador foi adquirido de graça por todos os clubes de sua carreira, de modo que ele sempre cumpriu seus contratos até o fim, não deixando margem para possíveis negociações entre as equipes.